Destaques
Facebook
Twitter
Print Friendly

Ronaldo MotaRonaldo Mota
Reitor da Universidade Estácio de Sá e Diretor Executivo de Educação a Distância da Estácio
http://reitoronline.ig.com.br
***

Nós brasileiros cultivamos o inadequado hábito de debitar aos portugueses todas as nossas deficiências e fragilidades. Talvez seja parcialmente justo no que diz respeito à deliberada não prioridade (às vezes, proibição mesmo) à educação na colônia. Comportamento que após a independência e a implantação da República no Brasil pouco foi alterado, gerando a precariedade que lidamos hoje em nosso sistema educacional. Porém, salvo esse item (por mais relevante que ele seja), nos demais aspectos o nascimento deste Brasil teve o privilégio do contato com conquistadores que estavam no auge daquilo que viria a ser o primeiro império global. Se nos restou pouco disso, tampouco podemos culpar Portugal de hoje que também herdou bem menos do que merecia das audácias e competências daqueles fabulosos conquistadores dos séculos XV e XVI.

Há uma bela obra “Conquistadores: como Portugal forjou o primeiro império global”, de Roger Crowley, que elucida a epopeia portuguesa daquele período. A obra abre com maravilhosa citação de Fernando Pessoa: “O mar com limites pode ser grego ou romano; o mar sem fim é português”.

Leia mais »

 
Print Friendly

Gabriel Mario Rodrigues2Gabriel Mario Rodrigues
Presidente do Conselho de Administração da ABMES
***

“Pode até ser que um dia as máquinas e a inteligência artificial tomem o lugar de seres humanos em várias áreas. Isso não é algo necessariamente ruim, especialmente se levar a um aumento da riqueza e do bem estar de todos. ” (Rachel Nuwer – BBC Future)

Inteligência artificial (artificial intelligence) é a inteligência similar à humana exibida por mecanismos ou softwares, escreve John McCarthy, o primeiro a defini-la como “a ciência de produzir máquinas inteligentes”. É dedicada a buscar métodos ou dispositivos computacionais que multipliquem a capacidade racional do ser humano para resolver problemas, construir coisas e de pensar de forma inteligente. Sistema de computador programado para automatizar os dispositivos operacionais, para aumentar o desempenho e substituir as repetitivas atividades humanas.

Leia mais »

 
Print Friendly

Janguiê Diniz2016Janguiê Diniz
Diretor presidente da ABMES
Secretário executivo do Fórum das Entidades Representativas do Ensino Superior Particular

Fundador e Presidente do Conselho de Administração do Grupo Ser Educacional
***

Durante anos, a Sociologia apontava o surgimento de novas gerações a cada 25 anos. Entretanto, com a velocidade das mudanças ocorridas na sociedade, falar de novas gerações a cada quarto de século é comparável, praticamente, há um século. Assim, estima-se que novas classes de gerações surjam a cada 10 anos, implicando diretamente na forma como as pessoas agem, consomem e gerenciam suas vidas.

A Geração Z foi usada para definir as pessoas nascidas na década de 90 até o ano de 2010, sucedendo a Geração Y e extremamente vinculada à expansão da internet e o “boom” da criação dos aparelhos tecnológicos. A maior característica dessa geração é a conectividade e as inúmeras opções de compartilhamento de arquivos e informações, seja através da televisão, internet, telefone, etc.

Leia mais »

 
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics
Página 20 de 682« Primeira...10...1819202122...304050...Última »