Destaques
Facebook
Valmor Bolan
Doutor em Sociologia e Presidente da Conap/Mec (Comissão Nacional de Acompanhamento e Controle Social do ProUni)
***

O dia 7 de setembro deveria ser melhor comemorado, e o significado simbólico desta data nos leva a pensar sempre da necessidade que temos de trabalhar e lutar pela real independência do Brasil, e hoje isso quer dizer seu verdadeiro desenvolvimento. Todas as iniciativas dos governos (municipais, estaduais e federal) que rumam nesse sentido valorizam o propósito original do 7 de setembro. O grito do Ipiranga não foi apenas um ato de retórica, mas expressão de um povo que desejava a soberania nacional, e otimizar seus recursos e talentos para o progresso do País, sem entraves que inibissem tal desenvolvimento. Por isso que deveríamos aproveitar a data da proclamação da Independência do Brasil para refletir, ampliar a discussão e propor ações que visassem garantir o efetivo desenvolvimento, para não ficarmos somente com desfiles e marchas.  

Muita gente pensa que comemorar o 7 de setembro é coisa do passado, apenas uma efeméride e nada mais. Mas esta data deveria ser muito mais valorizada nas escolas, com trabalho entre os estudantes, propondo debates  discussões sobre o Brasil, seus problemas e desafios, e como podemos superá-los com projetos à altura do nosso potencial. Tudo isso faz parte da consciência cidadã que a data suscita, por isso devemos sempre valorizá-la. nas escolas principalmente devemos motivar os alunos a conhecer melhor a história do Brasil, a entendê-la, e a estudar e trabalhar para ajudar a construir uma história melhor.

Para desenvolver, o Brasil precisa dar um salto qualitativo. Não são bolsas-famílias – embora úteis pontualmente-e outras medidas paliativas como estas que vão garantir o progresso. Mas investimentos sérios, principalmente em Educação, na formação dos nossos jovens, formação técnica e humana. E para isso, não pode haver apenas ações do poder público, mas a participação viva da sociedade civil, pois é a sociedade quem deve ser coparticipante do processo. Hoje, há muitas ONGs, entidades, pessoas voluntárias e instituições, com projetos, pesquisas, realizações, em todos os campos, buscando o melhor. Nesse trabalho de conjunto é possível a somatória de esforços para construir o Brasil que sonhamos, onde justiça e liberdade sejam uma realidade permanente, e onde os recursos e talentos sejam realmente bem aproveitados para o bem de todos. Daí o sentido do 7 de setembro, data cívica magna, para que possamos a cada no pensar no futuro do Brasil, no nosso presente, no que estamos fazendo hoje, para garantir o bem de amanhã.

Avaliar

Deixe uma resposta

Números do Ensino Superior

Quer contribuir para o blog da ABMES?

Envie seu artigo para o e-mail comunicacao@abmes.org.br com nome completo, cargo e foto e aguarde nosso contato!

Categorias
Autores
Arquivos