Destaques
Facebook
Twitter

Sobre : Wanda Camargo

Nome Completo: Wanda Camargo
Site:
Detalhes: Presidente da Comissão do Processo Seletivo – Faculdades Integradas do Brasil – UniBrasil

Artigos do(a) Wanda Camargo:

    wanda_camargoWanda Camargo
    Educadora e assessora da presidência do Complexo de Ensino Superior do Brasil – UniBrasil
    ***

    Há pouco mais de cem anos muitas famílias se constituíam em grupos tribais, sob a liderança de um patriarca ou matriarca e formadas por esposas ou maridos, irmãos, filhos, netos, sobrinhos, agregados, todos habitando um mesmo espaço e assumindo sem discutir seu lugar na hierarquia. Tal arranjo ainda é comum em alguns países, mas foi substituído no ocidente pela família nuclear composta por um casal e seus filhos; ainda que mantendo laços com o conjunto familiar mais próximo.

    Na dinâmica que caracteriza as relações humanas estamos vivendo um momento que, de certa forma, marca retorno a algo parecido com as “tribos”. Entre os mais pobres não houve grandes mudanças, as famílias sempre se mantiveram associadas por questão de sobrevivência; quando filha ou filho se casa não falta lugar para mais um, e até mesmo para a construção de um “puxadinho” nos fundos do terreno ou na laje.

    Leia mais »

    Compartilhe:
    Avaliar

    wanda_camargoWanda Camargo
    Educadora e assessora da presidência do Complexo de Ensino Superior do Brasil – UniBrasil
    ***

    Quando Freud se questionou sobre o que, afinal, desejavam as mulheres, criou uma profunda reflexão não apenas sobre o próprio desejo em si, mas também sobre aquilo que diferenciaria as aspirações masculinas e femininas.

    Possivelmente, aqueles que hoje se digladiam sobre ser, ou não, a feminilidade uma construção social têm suas doses de razão em ambos os lados da questão. A par de certas características inatas – apenas o sexo feminino pode gerar outro ser e amamenta-lo, sua constituição física é, de maneira geral, um pouco mais frágil (embora possa ser treinada arduamente para adquirir mais força), seu cérebro é menor (embora não menos inteligente – estão aí as exceções acima e abaixo da potencialidade cognitiva em ambos os sexos para comprovar) – muito das chamadas sensibilidades das mulheres são edificadas no tipo de infância que propiciamos a elas de alguns anos para cá.

    Leia mais »

    Compartilhe:
    Avaliar

    wanda_camargoWanda Camargo
    Educadora e assessora da presidência do Complexo de Ensino Superior do Brasil – UniBrasil
    ***

    Opinião, expressão, agressão, são rimas, mas estão longe de serem a mesma coisa. O direito de ter opiniões e expressá-las é tão básico que sequer precisaria ser definido na legislação, mas é importante que seja; agressão não é um direito, é uma contravenção ou crime tipificados claramente em Lei.

    Vivemos um tempo de ofendidos, e aqueles conceitos parecem estar cada vez mais imbricados: alguém acredita em alguma coisa e expressa essa crença em redes sociais, e até aí está exercendo plenamente seu direito e liberdade, mas o passo seguinte pode ser atacar violentamente quem não concorda com sua opinião, ou dizê-la de modo ofensivo. Pode-se ser a favor ou contra as cotas sociais ou raciais –  opinião – pode-se manifestar esta opinião – expressão –; desacatar, xingar, ofender, desqualificar quem não pensa da mesma maneira é agressão, e isto é crime.

    Leia mais »

    Compartilhe:
    Avaliar
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics
Página 1 de 4712345...102030...Última »