Destaques
Facebook
Twitter

Sobre : Antonio de Oliveira

Nome Completo: Antônio de Oliveira
Site:
Detalhes:

Artigos do(a) Antonio de Oliveira:

    Antonio OliveiraAntônio de Oliveira
    Professor universitário e consultor de legislação do ensino superior da ABMES (1996 a 2001)
    antonioliveira2011@live.com
    ***

    Somos todos fingidores. Um ator ora interpreta o papel de mocinho ora de bandido, ora de vilão ou herói; a atriz, ora vilã ora heroína. Como o poeta. “O poeta é um fingidor. Finge tão completamente que chega a fingir que é dor a dor que deveras sente”, escreve Pessoa. Um jogador de futebol abraça o time que o contrata. Depois é capaz de jogar noutro time e tornar-se carrasco do time que defendera. Jura de amor eterno é o que mais existe por aí afora: “I love you!” Um quadro de arte representando uma tragédia pode custar milhões. The Walt Disney Company, hoje um dos maiores conglomerados de entretenimento do mundo, descobriu na fantasia e no ramo das animações um nicho de investimento e tem faturado milhões. Trabalha a cultura popular e, com a cultura popular, investe na fantasia infantil e adulta também. Cria personagens e recria figuras imortais de As Mil e Uma Noites.

    Michael Jackson deu ao seu rancho o nome de Neverland, Terra do Nunca, inspirado na ilha fictícia de Peter Pan. O romance, a novela e o conto são classificados como literatura de ficção. Também se diz apenas ficção. Sinônimo de ficcionismo. Familiarmente se diz irrealidade: “Sonhador, tudo quanto diz é literatura”. A ficção científica, que pode vir a ser confirmada pela realidade, decorre do desenvolvimento científico já alcançado e de situações decorrentes de tal desenvolvimento no espaço e ao longo do tempo.

    Leia mais »

    Compartilhe:
    Avaliar

    Antonio OliveiraAntônio de Oliveira
    Professor universitário e consultor de legislação do ensino superior da ABMES (1996 a 2001)
    antonioliveira2011@live.com
    ***

    Quais os seus planos para o ano novo? Sem dúvida, em determinados casos há grande expectativa para alguns acontecimentos previsíveis: uma formatura, um (novo) emprego, um projeto, uma viagem, uma aposentadoria, casamento, uma gravidez, um bebê que está para chegar… Prefiro dizer: no ano que se inicia me proponho fazer da rotina um roteiro. A palavra rotina, em francês, é routine, de route, rota; em latim, via rupta, caminho rompido, picada aberta a facão, de rumpere, quebrar, romper. Existe a expressão “nuvens da rotina”, que significa acontecimentos que tornam ocultas as coisas boas. E não é que há também computação em nuvem (cloud computing) armazenando a rotina dos dados?

    Frase de Dalai Lama: “Só existem dois dias no ano em que nada pode ser feito. Um se chama ontem e o outro se chama amanhã, portanto hoje é o dia certo para amar, acreditar, fazer e principalmente viver”. Esforçar-me-ei (hoje) para ser um pai melhor, um marido mais afável, uma pessoa mais tolerante e generosa com o próximo, desde o mais próximo ao mais distante. No mais, uma coleção de “mais”: mais humano, mais compreensivo, mais tolerante, mais reconhecido. Ah! Um avô mais maduramente criança.

    Leia mais »

    Compartilhe:
    Avaliar

    Antonio OliveiraAntônio de Oliveira
    Professor universitário e consultor de legislação do ensino superior da ABMES (1996 a 2001)
    antonioliveira2011@live.com
    ***

    O início do Evangelho de S. João (1, 1-18), um dos  apóstolos de Jesus, é chamado de prólogo, resumo de todo o seu evangelho. João voa alto. Por isso, ele é representado com uma águia ao lado.

    Esse prefácio é como uma “ouverture” no início de uma grande ópera. Os principais temas do seu evangelho estão ali, antecipados, tais como, usando palavras-chave, vida, luz, testemunho, fé, glória, verdade, juntamente com seus opostos antitéticos: trevas, mundo, incredulidade. Seu estilo é característico, em relação aos outros três evangelistas, Mateus, Marcos e Lucas. Dada a semelhança de suas versões, esses três compõem os evangelhos sinópticos, assim denominados porque apresentam a mesma sequência, estrutura, semelhanças e visão comum de conjunto . João tem um texto diferenciado, embora não diferente. Seu prólogo é uma página brilhante, inclusive literariamente.  Além do Evangelho, João escreveu as três epístolas e o livro do Apocalipse.

    Leia mais »

    Compartilhe:
    Avaliar
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics