Destaques
Facebook
Twitter

Arquivo da categoria ‘Comportamento’

Print Friendly, PDF & Email

Valmor BolanValmor Bolan
Doutor em Sociologia e especialista em Gestão Universitária

Representa o Ensino Superior Particular na Comissão Nacional de Acompanhamento e Controle Social do Programa Universidade para Todos do MEC
***

As redes sociais têm se tornado hoje um fenômeno do ativismo, não somente político, mas no exercício de pressão por demandas. O movimento “Fora Renan” ampliou-se de tal forma, influenciando os senadores pelo voto aberto, forçando que muitos deles, mesmo contra a determinação do STF, apresentassem os seus votos no candidato oponente a Renan, fazendo com que um desconhecido parlamentar do baixo clero fosse alçado à Presidência do Senado Federal.

O que aconteceu, na verdade, foi uma espécie de repetição do mesmo fenômeno da campanha eleitoral para a Presidência da República. Houve toda uma movimentação contra o petismo, que favoreceu Jair Bolsonaro, na onda anticorrupção, que tomou conta do país. Do mesmo modo agiram os ativistas das redes sociais contra Renan Calheiros, representante da velha política corrupta.

Leia mais »

Compartilhe:
Avaliar
Print Friendly, PDF & Email

Luciana Camargo*
VP de RH da IBM América Latina
***

O mundo atual é um mundo de disrupções. Os avanços tecnológicos e a troca acelerada de informação estão mudando todo dia nossa paisagem, nosso meio social e nossos entendimentos de como nos organizar como sociedade.

O ambiente de trabalho não foge desta regra. De maneira geral, três grandes áreas estão compondo a frente dessas mudanças. Está na hora de repensar os modelos de negócios, pessoas e seus talentos, e como absorvemos experiências.

Leia mais »

Compartilhe:
Avaliar
Print Friendly, PDF & Email

Antonio OliveiraAntônio de Oliveira
Professor universitário e consultor de legislação do ensino superior da ABMES (1996 a 2001)
antonioliveira2011@live.com
***

De autoria de Ítalo Calvino, no romance As Cidades Invisíveis (Le città invisibili) o navegador Marco Polo descreve sua fantástica viagem por cidades invisíveis. A propósito de cidades invisíveis, quando as chuvas caem copiosas, nossas metrópoles ficam inundadas. Cidades não litorâneas, como São Paulo e Belo Horizonte, se mostram, então, mais vulneráveis a verdadeiras catástrofes.

Cenas de emocionar, na TV, se repetem praticamente todo ano: carros arrastados pelas águas, casas construídas em zonas de risco desabando, pessoas sendo salvas pelo corpo de bombeiros, pessoal da defesa civil e voluntários, gente se arriscando em viaturas, ônibus, motos, utilitários enfim, nessas horas de pouca utilidade. Balanço final: mortes, pessoas feridas, traumatizadas, gente apenas com a roupa do corpo.

Leia mais »

Compartilhe:
Avaliar
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics