Destaques
Facebook
Twitter

Arquivo da categoria ‘Inovação’

Print Friendly, PDF & Email

Gabriel Mario Rodrigues2Gabriel Mario Rodrigues
Presidente do Conselho de Administração da ABMES
***

A Campus Party Brasil chega à sua 11ª edição consolidando-se como a maior experiência de tecnologia, inovação, criatividade e universo digital do Brasil (e um dos principais da América Latina). Entre os dias 30 janeiro e 4 de fevereiro de 2018, reuniu 12 mil pessoas acampadas (os chamados ‘campuseiros’), 870 palestrantes e cerca de 100 mil visitantes no pavilhão de exposições do Anhembi, em São Paulo.

Inegavelmente, o evento a cada ano se agiganta e não foi diferente nesta edição. O maior evento de tecnologia e cultura nerd da América Latina conquistou definitivamente o gosto e interesse dos jovens, vindos de todas as partes do país para viver e compartilhar a experiência, que a cada evento elege um eixo. Desta vez foi a diversidade.

Durante os cinco dias de atividades, foram geradas 900 horas de conteúdo, sendo dezenas de palestras sobre temáticas atualíssimas ofertadas por centenas de painelistas. Marcadas com a hashtag #CPBR11, o material pode ser consultado aqui.

Leia mais »

Compartilhe:
Avaliar
Print Friendly, PDF & Email

Victor Mirshawka Junior
Sócio-Diretor do Pense Melhor
***

“O maior inimigo do conhecimento não é a ignorância. É a ilusão do conhecimento. ”

Essa frase já foi atribuída a Stephen Hawking, embora a maioria das referências de pesquisa determine Daniel Boorstin como seu legítimo autor. De qualquer modo, ela nunca foi tão apropriada.

O ritmo de produção de conteúdo digital é assustador. Ele tem acompanhado a curva exponencial que determina ou aumenta do poder de processamento dos computadores, enunciada por Gordon Moore em 1965 e válida até hoje. Ou seja, a cada 18 meses, dobra o conteúdo disponível.

Leia mais »

Compartilhe:
Avaliar
Print Friendly, PDF & Email

Ronaldo Mota
Membro do Colegiado da Presidência da ABMES
Chanceler do Grupo Estácio
***

Os dados oficiais do ensino superior brasileiro mostram que as matrículas na modalidade presencial entre os anos de 2012 a 2016 avançaram 10%, enquanto na educação a distância o crescimento foi de 34%. Quanto ao número de concluintes, no ensino presencial a variação positiva nesse período foi de 7% e na modalidade a distância de 32%. Os dados mais impressionantes referem-se aos números de ingressantes. Frente ao substantivo crescimento de 44% em educação a distância (aproximadamente 542 mil ingressantes em 2012 contra 781 mil em 2016), houve uma redução de mais de 18% (2.204 mil ingressantes em 2012 para 1.858 mil em 2016) no ensino presencial.

No início desta década, qualquer alerta acerca do incrível potencial de crescimento da modalidade a distância seria objeto de alguns olhares de desconfiança. Da mesma forma, para a maioria, ainda não era clara a forte tendência para a dominância do e-learning (baseado na internet), em contraposição ao chamado semipresencial. Idêntico ceticismo valeria para a previsão de que o dispositivo dominante de aprendizagem online viria a ser o celular, como é hoje, e não os computadores, notebooks e tabletes.

Leia mais »

Compartilhe:
Avaliar
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics