Destaques
Facebook
Twitter

Arquivo da categoria ‘Internacionalização’

Print Friendly, PDF & Email

Gabriel Mario Rodrigues2Gabriel Mario Rodrigues
Presidente do Conselho de Administração da ABMES
***

“Nosso grande desafio é promover a integração universidade-empresa no processo de apropriação do conhecimento científico, pois se não houver aplicação, não houve a demanda, ou seja, não há interesse empresarial e, consequentemente, qualquer inovação.” (Benedito Guimarães Aguiar Neto, Reitor da Universidade Presbiteriana Mackenzie)

No ano passado, a revista Isto É Dinheiro publicou uma matéria sobre “As startups mais promissoras do Brasil”, que relatou a história de empresas que valem no mercado mais de um bilhão de dólares, fruto de sacadas de empreendedores que criaram suas startups a partir de situações inusitadas, aproveitando oportunidades em mercados pouco explorados, com persistência e obstinação por uma ideia.

Leia mais »

Compartilhe:
Avaliar
Print Friendly, PDF & Email

Lioudmila Batourina
Consultora de parceria internacional da ABMES
lioudmila@abmes.org.br

***

Cada vez mais nos deparamos com rankings universitários de todos os níveis, globais, regionais e nacionais. Eles consideram várias combinações para medir excelência: pesquisa, especialização, admissões, opções de estudantes, número de prêmios, internacionalização, emprego de pós-graduação, vínculo industrial, financiamento, reputação e história. Porém, dentre todos estes critérios, a pesquisa é a que mais se destaca.

Os rankings universitários são criticados em muitas frentes, por serem mais voltados para as ciências naturais; por valorizarem mais as publicações em revista de ciência da língua inglesa; enfatizar despesas com pesquisa como a principal medida de realizações científicas, ao invés de analisar a importância e impacto de descobertas científicas ou a profundidade das ideias; por não levar em conta atividades importantes da universidade que são mais difíceis de se medir como, por exemplo, a qualidade do ensino, entre outros pontos.

Leia mais »

Compartilhe:
Avaliar
Print Friendly, PDF & Email

Lioudmila Batourina
Consultora de parceria internacional da ABMES
lioudmila@abmes.org.br

***

Os países que hoje são líderes mundiais em educação superior já sabem que não são apenas as tendências locais que afetam a forma como operam suas instituições. Existem também inúmeros fatores externos que interferem diretamente no setor. Os especialistas listam algumas dessas “tendências globais” que devemos nos atentar. Confira quais são elas:

1 – Mudanças no mercado de trabalho e aumento da automação

Ao acabar com alguns empregos, a tecnologia exige que estudemos a vida inteira para competirmos com as máquinas. A informatização dos serviços gera mudanças drásticas e inevitáveis no mercado de trabalho e nas políticas educacionais. Isso exige mais preparação para trabalhar com máquinas e novas tecnologias. A verdade principal é que os trabalhos de baixa qualificação serão automatizados em breve.

Leia mais »

Compartilhe:
Avaliar
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics
Página 1 de 212