Destaques
Facebook
Twitter

Arquivo da categoria ‘Carreira e mercado de trabalho’

Print Friendly, PDF & Email

Gabriel Mario Rodrigues2Gabriel Mario Rodrigues
Presidente do Conselho de Administração da ABMES
***

“Educar não se limita a repassar informações ou mostrar apenas um caminho, mas é ajudar a pessoa a tomar consciência de si mesmo, dos outros e da sociedade. É oferecer várias ferramentas para que a pessoa possa escolher, entre muitos caminhos, aquele que for compatível com os seus valores, sua visão de mundo e com circunstâncias adversas que cada um irá encontrar.”¹

No taxi, dias atrás, o motorista se mostrava inconformado porque que seu filho de 14 anos disse que se atrasaria para volta para casa porque ele e um colega iam ficar treinando a professora a usar o Power Point. Disse-lhe ser interessante os meninos ensinarem a professora, por ser o intercâmbio de conhecimentos uma das características do atual aprendizado. Ressaltei que não há mais idade para nada e o importante é aprender. O “azedo” taxista retrucou que se a professora tivesse 40 anos ele até concordaria, mas que ela nem tem 30 e teria obrigação de dominar a informática.

Leia mais »

Compartilhe:
Avaliar
Print Friendly, PDF & Email

Janguiê Diniz*
Diretor presidente da ABMES
Reitor da UNINASSAU – Centro Universitário Maurício de Nassau

Fundador e Presidente do Conselho de Administração do Grupo Ser Educacional
***

No ambiente corporativo, muito se fala em produtividade. A empresa exige produtividade de seus funcionários, o líder requer de seus comandados; mas, ainda assim, muita gente não sabe que o termo se aplica em diversas áreas da vida. Engana-se quem pensa que ser produtivo é apenas fazer diversas tarefas, como numa corrida contra o tempo. A produtividade está relacionada com os resultados, mas também com os meios de trabalho. Não é só fazer, mas fazer bem feito, economizando tempo e recursos e maximizando a entrega final.

Paul J. Meyer dizia que “produtividade nunca é um acidente. É sempre o resultado de um comprometimento com a excelência, inteligência, planejamento e esforço focado”. É uma equação complexa que envolve vários fatores, desde técnicos, até subjetivos. Por isso, é importante estar motivado para aquele trabalho. Assim, você rende mais e se sente bem na atividade. O resultado só pode ser o melhor: um trabalho bem feito e altamente produtivo. Leia mais »

Compartilhe:
Avaliar
Print Friendly, PDF & Email

Janguiê Diniz*
Diretor presidente da ABMES
Reitor da UNINASSAU – Centro Universitário Maurício de Nassau

Fundador e Presidente do Conselho de Administração do Grupo Ser Educacional
***

O mundo é dos vencedores. Parece apenas uma frase feita, mas é uma verdade absoluta. Pessoas perdedoras não tem espaço num mundo tão competitivo. Mas, em primeiro lugar, precisamos definir quem são as pessoas vencedoras: são aquelas que nunca desistiram.

Não importa sua formação acadêmica nem mesmo a experiência profissional. Qualquer um de nós pode chegar muito longe se prestar atenção nas atitudes e características dos profissionais de sucesso. Existem muitos passos para se tornar um vencedor, seja em qualquer aspecto da vida, alguns são comuns a todos eles, como o otimismo. O oposto de um vencedor é um perdedor, ou seja, alguém que só enxerga as coisas ruins que acontecem. O otimista é aquele que aprende com tudo e com todos. Uma das coisas mais importantes que podemos e devemos aprender é a extrair as lições de nossos erros e derrotas. Leia mais »

Compartilhe:
Avaliar
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics