Destaques
Facebook
Twitter

Arquivo da categoria ‘Carreira e mercado de trabalho’

Print Friendly, PDF & Email
Leandro Vieira
Portal Administradores, publicado em 12 de julho de 2011
***

Os gênios americanos criam empresas fantásticas que mudam os rumos da humanidade. Os gênios brasileiros passam em concursos públicos

Advertência: esse post é uma resposta aos comentários dos leitores ao post anterior, “O ônus da cultura do funcionalismo público“, cuja leitura é recomendada.

Eu sabia que iria gerar polêmica. Eu sabia que iria levar pedrada. Mas alguém tem que fazer o trabalho sujo. Agradeço, de antemão, a todos que comentaram o artigo O Ônus da Cultura do Funcionalismo Público. Meus amigos, apenas gerando discussões e debates, somos capazes de avançar. Aviso que irei me estender um pouco…

Leia mais »

Compartilhe:
Avaliar
Print Friendly, PDF & Email
Wanda Camargo
Presidente da Comissão do Processo Seletivo – Faculdades Integradas Do Brasil (UniBrasil)
***

Na década de 1970 o sociólogo americano Christofer Lasch, grande pensador da área organizacional, publicou A cultura do narcisismo, no qual efetuou análise, muito atual ainda, dos aspectos sociais e psicológicos da vida política, empresarial e pessoal contemporânea. Neste trabalho discorria sobre a crescente tendência de personalidades narcísicas assumirem posições de destaque em sociedades onde a transmissão da cultura é monopolizada pelas organizações sociais e pela mídia, fenômeno que se aprofunda em nossos dias.

Conceitua-se narcisismo como o processo pelo qual o sujeito assume a si mesmo como o que aparenta ou pensa aparentar, a imagem passando a representar o indivíduo. Em níveis moderados o narcisismo pode ser saudável, por permitir à pessoa equilibrar o entendimento de suas carências com as dos demais, importante fator de constituição da personalidade. Em grau excessivo é uma patologia, e pessoas com esse transtorno tendem a ter sentimentos de autossuficiência, vêem seus talentos e realizações com exagerado otimismo, são exibicionistas e intolerantes a críticas, tem fantasias frequentes com poder e sucesso. Essas características interferem nas relações pessoais desses indivíduos, que são incapazes de desenvolver empatia e tendem a desvalorizar e explorar os demais, para satisfazer seus interesses e necessidades.

Leia mais »

Compartilhe:
Avaliar
Print Friendly, PDF & Email
Nizan Guanaes
Folha de S.Paulo, publicado em 12 de julho de 2011
***

A forma como a educação é pensada hoje no mundo não está apta a atender à demanda desses jovens

O “New York Times” deste domingo traz uma reportagem sobre um assunto fundamental que pretendo abraçar como Embaixador da Boa Vontade da Unesco e como membro do Todos pela Educação: a escola técnica.
Se a geração de empregos é uma preocupação mundial, entre os jovens é uma preocupação maior ainda.
Foi o desemprego entre os jovens que deflagrou a Primavera Ára- be, resultado de centenas de milhares de jovens sem emprego, sem futuro, sem sonho.
A forma como a educação é pensada hoje em tantas partes do mundo não está apta a atender à demanda desses jovens e às necessidades desses tempos.
O sistema educacional do mundo é uma fábrica de desempregados.

Leia mais »

Compartilhe:
Avaliar
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics