Destaques
Facebook
Twitter

Arquivo da categoria ‘Legislação e normas’

Print Friendly, PDF & Email

Adolfo Ignacio Calderón
Professor titular do Programa de Pós-Graduação em Educação da PUC-Campinas
Pesquisador produtividade científica do CNPq
Consultor da ABMES
adolfo.ignacio@puc-campinas.edu.br
***

A BNCC ideal é irreal. A BNCC possível, que foi aprovada, é um instrumento poderoso de gestão da educação. A Universidade deve construir uma agenda propositiva que alavanque sua implementação

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC), referente à Educação Infantil e Ensino Fundamental, foi resultado do consenso alcançado no Conselho Nacional de Educação (CNE). O fato de sua aprovação não ter sido unânime, 19 votos a favor e três contra, reflete não somente as divergências de opiniões, mas também as múltiplas pressões a que os conselheiros estavam submetidos.

Leia mais »

Compartilhe:
Avaliar
Print Friendly, PDF & Email

Gabriel Mario Rodrigues2Gabriel Mario Rodrigues
Presidente do Conselho de Administração da ABMES
***

“E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos, renovando a vossa mente, a fim de poderdes discernir qual é a vontade de Deus, o que é bom, agradável e perfeito.” (Romanos, 12:2)

Na semana anterior, abordei no artigo “Educação como objetivo de desenvolvimento sustentável” a plataforma “Educar para o novo”. Fico contente quando os leitores interagem, pois assim o material cumpre parte de seu objetivo, que é a reflexão e o debate sobre os temas tratar.

As críticas são sempre válidas e nos permitem outras abordagens dos assuntos discutidos. Recebi e-mail dizendo que eu me encantara com a peça promocional da “SAS Plataforma”, publicada na Folha sobre a Base Nacional Comum Curricular. Para o leitor, na prática não era nada daquilo.

Leia mais »

Compartilhe:
Avaliar
Print Friendly, PDF & Email

Caroline Rothmuller
Diretora da área de Educação da Elsevier Brasil
***

As bibliotecas virtuais estão cada vez mais populares e são uma necessidade para estudantes e professores que consideram mobilidade algo fundamental. Elas combinam praticidade com conteúdo e se aliam ao livro físico, que continua sendo necessário ao estudante, em especial na área da saúde, criando um conjunto perfeito que oferece informação de qualidade.

Com o aumento do interesse pelas bibliotecas digitais, o Ministério da Educação (MEC) está trabalhando para disseminar novas diretrizes e serviços de qualidade para as graduações. Confirmando a importância do livro físico, a portaria normativa mais recente do MEC, de 2017, ressalta que, para os polos de ensino à distância atingirem conceito “5”, é necessário ter na biblioteca ao menos um exemplar de cada livro da bibliografia existente no Projeto Pedagógico do Curso (PPC). Além disso, todos os livros da PPC devem possibilitar acesso virtual e estar disponíveis em computadores conectados. A organização no site da biblioteca precisa conter ainda uma relação de no mínimo 10 títulos de periódicos virtuais, relacionados a cada curso oferecido pela instituição.

Leia mais »

Compartilhe:
Avaliar
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics
Página 1 de 5112345...102030...Última »