Destaques
Facebook
Twitter

Arquivo da categoria ‘Economia’

Print Friendly, PDF & Email
Polan Lacki
Polan.Lacki@uol.com.br | http://www.polanlacki.com.br
***

Neste nosso privilegiado Brasil, temos enormes potencialidades produtivas, tanto na agricultura como na pecuária; se soubéssemos explorá-las racionalmente, elas nos permitiriam gerar as riquezas que tanto necessitamos para reduzir a pobreza rural e também para solucionar vários dos nossos grandes problemas nacionais. A nossa agropecuária tem vocação para ser a mais poderosa “locomotiva” do desenvolvimento nacional.

Em primeiro lugar, temos vastas extensões de terras de boa qualidade, abundância de água, clima favorável que nos permite obter várias colheitas ao ano, produzir na contra-estação dos países ricos e criar gado exclusivamente a pasto, um enorme mercado consumidor e uma abundante mão-de-obra necessitada e desejosa de progredir com o fruto do seu trabalho.

Leia mais »

Compartilhe:
Avaliar
Print Friendly, PDF & Email
Gustavo Ioschpe
Veja, publicado em 18 de março de 2012
***

Durante décadas, o Brasil ignorou suas carências na área educacional. Hoje, quando há falta de gente qualificada e superlotação de presídios, consolida-se a percepção de que o país não progredirá sem uma melhora radical no setor. Vem também a percepção de que esse é um problema gigantesco e urgente, cuja solução por vias normais levará tempo e demandará muito esforço. Surge então a busca por uma “bala de prata”, uma solução potente e rápida que nos permita atalhar o caminho. A bola da vez é a tecnologia.

Apesar de ser um entusiasta das novas tecnologias, uma busca na literatura empírica me obriga a concordar com um empresário que dizia: “Eu acreditava que a tecnologia podia ajudar a educação. Mas tive de chegar à inevitável conclusão de que esse não é um problema que a tecnologia possa ter a esperança de resolver. O que há de errado com a educação não pode ser solucionado com tecnologia”. Seu nome? Steve Jobs.

Leia mais »

Compartilhe:
Avaliar
Print Friendly, PDF & Email
José Roberto Loureiro
Vice-presidente de operações da Laureate Brasil
***

O Brasil vive hoje um momento ímpar de sua história. Desde o início deste século, o país vem crescendo vigorosamente, apesar das crises que atingiram o mundo desenvolvido. O bom momento está criando um ambiente estimulante de maior consumo e vem sendo acompanhado pela redução das desigualdades sociais, com milhões de pessoas migrando das classes E/D para o estrato médio, a chamada classe C. Estabilidade econômica, programas sociais e expansão do crédito são alguns dos fatores da transformação do país nas duas últimas décadas e cada vez mais o Brasil atrai investidores de toda parte, interessados em empreender em uma nação que se coloca como potência global.

O País já não é mais o mesmo país de 20 anos atrás. Melhorou muito. Mas, evidentemente, ainda há gargalos que deverão ser superados. Uma das áreas de maior oportunidade é a da educação. É fato que também neste campo muito se avançou – segundo o Censo da Educação Superior de 2010, as matrículas cresceram 110,1% na última década e os cerca de 6 milhões de universitários representam hoje o dobro do que se verificava em 2001.

Leia mais »

Compartilhe:
Avaliar
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics