Destaques
Facebook
Twitter
Print Friendly, PDF & Email

Janguiê Diniz
Diretor presidente da ABMES
Mestre e Doutor em Direito

Fundador e Presidente do Conselho de Administração do Grupo Ser Educacional
***
Inovação deve ser uma constante para qualquer empresa que deseja se manter acima das outras. É preciso buscar constantemente novas opções, criar, diferenciar-se. Quem permanece no mesmo lugar perde espaço para aqueles que pensam fora da caixa. Isso acontece até mesmo com a Apple. A companhia caiu da primeira para a 17ª colocação no ranking das 50 empresas mais inovadoras do mundo da revista Fast Company. O primeiro lugar ficou com a chinesa Meituan Dianping, plataforma digital que integra serviços para facilitar a vida dos usuários.

Foi uma queda e tanto para a empresa de Steve Jobs, que desde 2015 se mantinha entre as 10 mais e chegou à primeira colocação em 2018. Acontece que, como analisou a Fast Company, diferente da edição anterior da lista, em que a Apple teve destaque pelo lançamento do iPhone X e dos Air Pods, a companhia não trouxe grandes inovações esse ano, apresentando basicamente melhorias de processamento em seus gadgets.

Leia mais »

 
Print Friendly, PDF & Email

Antonio OliveiraAntônio de Oliveira
Professor universitário e consultor de legislação do ensino superior da ABMES (1996 a 2001)
antonioliveira2011@live.com
***

Sentir-se feliz é um estado de espírito não necessariamente atrelado a um estado de coisas considerado favorável. Alguns sonhos, como ganhar na loteria, dificilmente se realizam. “Jogo de botões sobre a calçada, eu era feliz e não sabia”, canta Ataulfo Alves.

O mundo ao redor pode até nos parecer longe do ideal. Problema mesmo é o que nutrimos de negativo na nossa mente. Na passagem de ano, cantamos: “Que tudo se realize no ano que vai nascer”. Praticamente impossível. A menos que nos despojemos definitivamente de preocupações, inseguranças, ansiedades, temores. O bom mesmo é ser feliz e mais nada. E como sê-lo? A fórmula talvez esteja nesta palavra mágica: – Desapega!

Leia mais »

 
Print Friendly, PDF & Email

Maria Carmen TavaresMaria Carmen Tavares Christóvão
Mestre em Gestão da Inovação e Gestora Educacional
Diretora da Pro Innovare

***

Nos últimos dois anos, é possível identificar um grande interesse por parte das universidades em expandir a cooperação com o mercado, sobretudo após o marco legal de ciência, tecnologia e inovação que altera regras importantes que favorecem o surgimento de uma estrutura integrada para fomentar o ambiente de inovação tornando-o mais dinâmico no país.

Ao analisar as práticas do segmento universitário e o que várias universidades vem construindo nesse campo é interessante pontuar que existem dois aspectos que devem ser considerados nesse processo: a análise sobre quais são os incentivos para as empresas que atuam em cooperação com as universidades e com P&D (Pesquisa e Desenvolvimento) nas organizações, pois ao conhecer esses interesses há uma maior probabilidade de parceria  e o segundo aspecto é saber escolher um modelo de negócio institucional para interação que abranja um grande leque de oportunidades de negócios com o objetivo de criarem inovações para o mercado.

Leia mais »

 
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics