Destaques
Facebook
Twitter
Print Friendly, PDF & Email

Ronaldo Mota
Membro do Colegiado da Presidência da ABMES
Consultor Educacional
***
 

Entender os educandos como parceiros e cocriadores de um processo complexo, e não como clientes ou consumidores simples, vai muito além de uma questão comercial, ética ou moral. Trata-se, essencialmente, de uma questão educacional. A partir de como enxergamos nossos alunos, devemos estabelecer, em coerência com o mundo contemporâneo, as adequadas abordagens e metodologias.

Houve um período, no passado próximo, onde a escola poderia ser vista, resumidamente, como espaço de transferência de informação ou de conhecimento. Ao professor cabia a tarefa fundamental, ainda que não exclusiva, de repassar aos aprendizes um conjunto de conteúdos, alguns procedimentos padrão e certas técnicas bem definidas. Findas as tarefas, o estudante, caso provasse domínio adequado, estaria aprovado e a instituição educacional chancelava cada etapa do processo, via um diploma ou um certificado.

Leia mais »

 
Print Friendly, PDF & Email

Paulo CardimPaulo Cardim
Reitor da Belas Artes e Presidente da Conaes
Blog da Reitoria, publicado em 11 de fevereiro de 2019
***

Em recente entrevista ao jornal Valor Econômico, o ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez − ‘Ideia de universidade para todos não existe‘ – afirmou que as universidades devem ficar reservadas para uma elite intelectual, que não é a mesma elite econômica [do país]“.

Em seu discurso de posse, o ministro afirmou que “nas universidades, vamos melhorar a gestão dos recursos para que haja estímulo às linhas de pesquisa científica e tecnológica que irão fomentar políticas públicas de educação com qualidade. Há um compromisso assumido com o Brasil e a educação de todos”. Ressaltou, ainda, que a prioridade será a alfabetização em massa e o ensino técnico.

Leia mais »

 
Print Friendly, PDF & Email
Gabriel Mario Rodrigues2

Gabriel Mario Rodrigues
Presidente do Conselho de Administração da ABMES
***  

A razão pela qual algumas pessoas acham tão difícil serem felizes é porque estão sempre a julgar o passado melhor do que foi, o presente pior do que é e o futuro melhor do que será. (Marcel Pagnol)

Sou e sempre fui antenado com o futuro. Os caminhos da vida sempre me levaram pela estrada do conhecimento e tenho dedicado mais do que cinquenta anos de atividades na educação. Mas, convenhamos, a mídia anda exagerando um pouco sobre o futuro e não convém adotar a ficção como realidade.

Leia mais »

 
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics