Destaques
Facebook
Twitter
Print Friendly, PDF & Email

Antonio OliveiraAntônio de Oliveira
Professor universitário e consultor de legislação do ensino superior da ABMES (1996 a 2001)
antonioliveira2011@live.com
***

Isto é, conviver. Constatação de Riobaldo, em Grande Sertão : Veredas: “Viver perto das pessoas é sempre dificultoso, na face dos olhos”. Isso porque, entre outros porquês, vale a afirmação cantada em prosa e verso: “De perto ninguém é normal”.

Vivemos a “struggle for life”, luta pela vida, na corrida diária pela sobrevivência e na convivência com alguém: no casamento, na família, na escola, no esporte e no lazer, na indústria e no comércio, na bandidagem, no trânsito, na igreja, em meio às travessuras dos políticos. Sempre dependendo de alguém, de alguma maneira. Vivamos ou não em companhia. Dependência de muitos profissionais, ao mesmo tempo: do gari, do padeiro, do professor, do médico, do advogado. Dependência do pai, da mãe, dos irmãos. Gonzaguinha aprendeu que se depende sempre de tanta, muita, diferente gente. Toda pessoa sempre tem as marcas das lições diárias de outras tantas pessoas. Na vida cotidiana, além do trabalho, assunto de conversa e fatos de recordar.

Leia mais »

 
Print Friendly, PDF & Email

Isaac Roitman
Professor emérito e coordenador do Núcleo de Estudos do Futuro da UnB
Membro da Academia Brasileira de Ciências e do Movimento 2022 O Brasil que queremos
***

A sociedade contemporânea vive uma crise econômica e social pela exclusão de muitos da vida produtiva e uma crise de valores humanos, caracterizada por crescente individualismo, pela banalização da violência e degradação ambiental. Esse quadro tem tudo a ver com a educação. A análise do sistema educacional brasileiro aponta para graves deficiências. Entre elas, o analfabetismo total e funcional, avaliações nacionais e internacionais inadequadas, poucos avanços em  formação e valorização do professor, pedagogia ultrapassada, evasão e  violência.

Recentemente, foram aprovadas a reforma do ensino médio e a Base Nacional Comum Curricular. A educação brasileira não dará saltos com pequenas transformações. Todo o sistema educacional precisa ser novamente construído. O principal objetivo de uma educação de qualidade é a de preparar o futuro adulto para exercer um protagonismo social virtuoso, uma convivência harmônica com a natureza e ter um trabalho que lhe proporcione uma vida digna e feliz.

Leia mais »

 
Print Friendly, PDF & Email

jacir-venturi2017Jacir J. Venturi
Professor e autor de livros, foi diretor de escolas, presidente do Sinepe/PR e vice-presidente da ACP
***

O desenvolvimento tecnológico tem progredido exponencialmente, dando origem a avanços como a inteligência artificial (IA), internet das coisas (IoT), robótica, big data, computação na nuvem, impressoras 3D, algoritmos avançados, machine learning (máquinas que aprendem), nano e biotecnologias, fintech (uso de novas tecnologias para o setor financeiro), drones, etc. E, logo, estarão incorporados ao nosso cotidiano avanços como os carros autônomos e a telefonia 5G (10 vezes mais rápida que a 4G).

Essas novas tecnologias, de per si, não definem a indústria 4.0, porém servem de insumo, através de sua convergência, para a implementação de fábricas inteligentes. “Estamos a bordo de uma revolução tecnológica que transformará fundamentalmente a forma como vivemos, trabalhamos e nos relacionamos. Em sua escala, alcance e complexidade a transformação será diferente de qualquer coisa que o ser humano tenha experimentado antes” – se faz oportuno Klaus Schwab, autor do livro A Quarta Revolução Industrial.

Leia mais »

 
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics
Página 5 de 765« Primeira...34567...102030...Última »