Destaques
Facebook
Twitter
Print Friendly, PDF & Email

Prof. Ms. Francisco Lopes de Aguiar

Gestor de Bibliotecas Universitárias – Panamericana Faculdade de Arte e Design
 Mestre em Ciência da Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas  
flopesprotege@yahoo.com.br
 ***

As bibliotecas universitárias das IES do setor privado enfrentam uma crise institucional liderada pela falta de investimentos em recursos financeiros, materiais e humanos, além do próprio impacto causado pelas novas tecnologias e, em especial, pela ausência de um projeto estratégico alinhado às necessidades e demandas de aprendizagem do discente/usuário.

A subutilização dos serviços e recursos tanto pelo discente como pelo docente vem apresentando-se como decorrência direta desta crise institucional. Esse fato leva-nos a questionar: será que a difusão e o uso massivo das tecnologias de informação e comunicação, mediadas pela web, tem influenciado no comportamento de busca e acesso à informação, levando os usuários a fazer pouco uso dos recursos e serviços oferecidos pelas bibliotecas tradicionais?   Leia mais »

 
Print Friendly, PDF & Email
Antonio Luiz Mendes de Almeida

Antonio Luiz Mendes de Almeida

 

Prof. Antonio Luiz Mendes de Almeida
***

Rabisco minhas pobres linhas antes de decidir se irei ou não exercer o meu direito de voto, agora que posso escolher e não sou obrigado a cumprir uma obrigação, algo inconcebível num país que se diz democrático. Por outro lado, de acordo com as pesquisas, o pleito já estaria resolvido porque, mesmo com os erros costumeiros, eles não poderiam ser tão grandes para eliminar treze, quatorze pontos de vantagem. (deixo para o PS de arremate…) A partir do domingo passado, temos um novo governo ensaiando para tomar posse quando janeiro chegar. Seja o que Deus quiser.  

O que dizer da censura do Conselho Nacional de Educação à obra de Monteiro Lobato, escritor consagrado e festejado, leitura obrigatória de gerações e gerações, o primeiro a afirmar, nos primórdios do século passado, que esta terra tinha petróleo? O autor que possibilitou uma série televisiva apreciadíssima e premiada, de repente, é acusado de racista, numa interpretação suspeitíssima, que esquece o tempo em que a obra foi escrita e que pretende descobrir intenções malévolas, e as requinta com a expressão “estereotipia ao negro e ao universo africano”, uma linguagem mais de gráfica do que de psicologia social. 

Leia mais »

 
Print Friendly, PDF & Email
Ruth de Aquino
Diretora da sucursal de ÉPOCA no Rio de Janeiro
raquino@edglobo.com.br
Revista Época, publicado em 30 de outubro de 2010
***

Universitários que “montam” à força em colegas gordas, numa competição para ver “qual peão” fica mais tempo sobre as meninas, são o retrato cru de uma sociedade doente e sem noção. O “rodeio das gordas” aconteceu em outubro em jogos oficiais de uma universidade importante, a Unesp, em São Paulo – não em algum rincão remoto. Não envolveu capiau nem analfabeto. Foi a elite brasileira, a que chega à universidade. Estamos no século XXI e assistimos perplexos à globalização da ignorância moral.

Mais de 50 rapazes, da Universidade Estadual Paulista, organizaram o ataque às gordas num evento esportivo e cultural com 15 mil universitários. Uma comunidade no Orkut definiu as regras: “Todo peão deve permanecer oito segundos segurando a gorda”; “gordas bandidas são mais valiosas”; “o corpo da gorda tem de ser grande, bem grande”. Os estudantes se aproximavam das meninas como se fossem paquerá-las. Aproveitavam para agarrá-las e montar nelas, e as que mais lutavam contra a agressão eram apelidadas de “gordas bandidas”. Uma referência ao touro Bandido, personagem da novela América. “A cada coice tomado, o peão guerreiro ganha 1 ponto”, anunciava o site de relacionamento.

Leia mais »

 
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics
Página 780 de 848« Primeira...102030...778779780781782...790800810...Última »