Iara de Xavier
Doutora em Saúde Pública
Diretora Executiva da EDUX Consultoria
Assessora da Presidência da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES)
***

A Associação Brasileira de Mantenedores de Ensino Superior (ABMES) comemora, em agosto de 2020, 38 anos de atuação profissional e ética em defesa da educação superior de qualidade. A trajetória da entidade é marcada pelos desafios e conquistas que possibilitaram e continuam possibilitando a realização de sonhos e de projetos que contribuem para o crescimento e o desenvolvimento do país. Parabéns aos presidentes Cândido Mendes, Édson Franco, Gabriel Mario Rodrigues, Janguiê Diniz e Celso Niskier.

A ABMES é a entidade que representa de forma plena e democrática o setor educacional privado em consonância com os pleitos dos mantenedores e da comunidade acadêmica representada pelos gestores, docentes, alunos etc.

A ABMES é o porto seguro que valoriza a história, atua no presente de forma competente e vislumbra o futuro. Essa atuação articula o político e o técnico harmonicamente no contexto da criatividade e da inovação.

Em 38 anos, a ABMES se consolidou como uma referência nacional e, a partir de 2016, lançou as bases para a internacionalização de sua atuação, ao adotar uma política de intercâmbios e parcerias com entidades e instituições estrangeiras expressivas na educação superior inovadora.

Dentre as várias atividades realizadas pela ABMES, destaco os seminários, as diversas publicações, a realização de pesquisas e estudos sobre os temas atuais, as informações e orientações em tempo real, além da relação dialógica mantida com o Congresso Nacional, com os órgãos dos Governos Federal, Estaduais e Municipais, com a imprensa etc.

Neste contexto, cabe o registro da presença da ABMES junto ao Ministério da Educação (SERES, SESu, INEP, CAPES e FNDE) e ao Conselho Nacional de Educação em defesa da educação superior de qualidade ofertada pelo setor privado. A presença da ABMES nesses órgãos vai além do debate e da exposição de reivindicações. Ela se expressa também pela participação de profissionais em Comissões e Grupos de Trabalhos, constituídos pelo MEC e pelo CNE, com atuação técnica e científica no sentido de contribuir com a formulação de políticas públicas que valorizem a inovação, a inclusão, a diversidade e a sustentabilidade.

Ciente do seu papel no processo de ruptura paradigmática que vive a educação superior brasileira, a atual gestão da ABMES (2019 a 2022), presidida pelo Dr. Celso Niskier, além de incrementar as atividades da entidade, elegeu a educação 4.0 como um dos projetos prioritários, visando a ampliação da incorporação tecnológica humanizada com a valorização da solidariedade e do acolhimento.

O ano de 2020, com a pandemia da Covid-19, trouxe a necessidade de ressignificar crenças e valores, assim como a urgência em repensar planejamentos e adequar as ações coerentes com o distanciamento social.

Neste sentido, a ABMES partiu para a ação junto com outras entidades representativas do setor privado no sentido de instrumentalizar as IES na transformação do modelo educacional vigente, bem como intensificou sua atuação junto ao MEC, ao Ministério da Saúde, ao CNE e outros órgãos, visando garantir as condições institucionais e, principalmente, o marco legal necessário às alterações regulatórias impostas pelo novo coronavírus à educação superior.

Os momentos de crise demandam, em maior intensidade, a atuação competente e profissional por parte de entidades, instituições etc. A realidade da ABMES, comprova esta premissa. ABMES tem contribuído decisivamente com o avanço da construção da educação superior empreendedora coerente com o século XXI de forma generosa e participativa.

Parabéns ABMES!!!

Avaliar

Uma resposta para “ABMES – atuação competente e profissional”

Deixe uma resposta

Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics