Destaques
Facebook

Sobre : Antonio de Oliveira

Nome Completo: Antônio de Oliveira
Site:
Detalhes:

Artigos do(a) Antonio de Oliveira:

    Antônio de Oliveira
    Professor universitário e consultor de legislação do ensino superior da ABMES (1996 a 2001)
    antonioliveira2011@live.com
    Instagram: @prof.antoniooliveira

    ***

    Em O retorno do jovem príncipe, de A.G. Roemmers, à semelhança d’O pequeno príncipe, a conversa gira em torno de indagações, sendo a primeira delas:– O que é um problema? Faço uma pausa. Instintivamente, fecho meu Kindle. E eis que me ponho a pensar… E o problema é: O que é um problema?

    Do grego, próblema, vocábulo proparoxítono, passando, pelo latim, a paroxítono, problema me parece ser uma questão que postula uma resposta ou uma dificuldade que requeira uma solução.

    Leia mais »

    Avaliar

    Antônio de Oliveira
    Professor universitário e consultor de legislação do ensino superior da ABMES (1996 a 2001)
    antonioliveira2011@live.com
    Instagram: @prof.antoniooliveira

    ***

    Acabo de ler, de Mia Couto, em A confissão da leoa, a expressão “espreitando os meus caóticos papéis”. Em seguida, refere-se ao “tardio gosto de escrever”. E conclui:

    “Qualquer coisa na escrita me sugere o prazer da caça: no vazio da página se ocultam infinitos sobressaltos e espantos”.

    Caóticos papéis. No princípio também era o caos. O vazio ilimitado que precede a criação do mundo.

    Leia mais »

    Avaliar

    Antonio OliveiraAntônio de Oliveira
    Professor universitário e consultor de legislação do ensino superior da ABMES (1996 a 2001)
    antonioliveira2011@live.com
    Instagram: @prof.antoniooliveira

    ***

    Nossos filhos nos surpreendem. Viajar! Viajar! Se libertos para voar, como “ágeis andorinhas / Consultam-se na beira dos telhados, / E inquietas conversam, perscrutando / Os pardos horizontes carregados…“ Filhos são como Aves de Arribação nesses versos de Castro Alves. E nós, pais: – Cuidado, meus filhos!

    O pássaro voa usando as próprias asas. Fazendo piruetas nas alturas, arroja-se ao vento, à chuva, ao sol; ao frio e ao calor. Amanhece cantando bem-te-vi e outros cantares. A mim me sensibiliza essa variante de bom-dia: bem-te-vi! O pássaro conquista espaços; voa, aninha-se, convive com a mãe natureza.

    Leia mais »

    Avaliar
Números do Ensino Superior

Quer contribuir para o blog da ABMES?

Envie seu artigo para o e-mail comunicacao@abmes.org.br com nome completo, cargo e foto e aguarde nosso contato!

Categorias
Autores
Arquivos