Destaques
Facebook

Sobre : Fábio J. Garcia dos Reis

Nome Completo: Fabio Garcia
Site: http://www.fabiogarciareis.com
Detalhes: Diretor do Centro UNISAL - Lorena

Artigos do(a) Fábio J. Garcia dos Reis:

    Fábio Garcia ReisFábio José Garcia dos Reis
    Diretor de Operações na UNISAL – Centro Universitário Salesiano de São Paulo
    ***

    O jornal “The Chronicle of Higher Education” sempre traz reportagens interessantes sobre inovação no ensino superior. Os interessados no tema podem acessar o site do jornal e ler os textos do projeto “Re:learning: mapping the new education landscape”. O objetivo é apresentar projetos, histórias e análises sobre as mudanças nos parâmetros de aprendizagem, para os gestores, para os pais interessados em conhecer o perfil e a dinâmica das IES inovadoras, para os estudantes que buscam informações sobre a identidade acadêmica das IES, para os professores conhecerem as mudanças que estão acontecendo e que estão por vir e para os legisladores da área de educação.

    Há uma falta de sintonia entre os parâmetros da inovação acadêmica e a legislação educacional. A legislação engessada, elaborada por pessoas que, em muitos casos, não conhecem as tendências do ensino superior, é um empecilho para o avanço da inovação. Em casos de sistemas educacionais burocráticos, os gestores encontram dificuldades para implementarem processos de inovação que apresentam bons resultados de engajamento e de aprendizagem, nos sistemas educacionais dinâmicos. Projetos como o Re:Learning podem efetivamente colaborar com a elaboração de uma legislação educacional sintonizada com os novos parâmetros de educação.

    Leia mais »

    Avaliar

    Fábio Garcia ReisFábio José Garcia dos Reis
    Diretor de Operações na UNISAL – Centro Universitário Salesiano de São Paulo
    ***

    Ronaldo Mota, Reitor da Universidade Estácio, publicou no dia 23/12/2015 um artigo no jornal “O Hoje”, de Goiás, com título “Temos uma crise, ou seja, há oportunidades educacionais”. Ele argumenta que na educação superior não podemos fazer sempre o mesmo, por isso, é preciso perceber as “mudanças profundas” que acontecem para “entendê-las e usá-las estrategicamente”. Mota cita Albert Einstein, ao fazer referência aos momentos de crise como propulsores da angústia, das invenções, das inovações e das estratégias. Assim que li o artigo de Mota, comecei a ler o livro “Engines of Innovation: the entrepreneurial university in the twenty-first century”, de Holden Thorp e Buck Goldstein.

    Farei uma interpretação das propostas dos autores do livro, com o objetivo de provocar os líderes das IES. Eu concordo com Ronaldo Mota. A crise traz oportunidades, da mesma forma, entendo que a inovação colabora com a superação da crise. Inovação é entendida aqui como uma forma de melhoria dos processos acadêmicos, com base nas melhores referências do ensino superior, no que diz respeito ao processo de aprendizagem, ao perfil dos professores, à interdisciplinaridade, à definição de estratégias e métricas, ao fomento da cultura empreendedora na dinâmica das IES e à capacidade da instituição em resolver problemas de interesse da sociedade. A inovação não é necessariamente a invenção de algo novo. Ela pode ser a melhoria de processos aliada à alta capacidade de gestão dos líderes. Os líderes de uma IES estão representados, especialmente, pelo reitor e pró-reitores, além dos diretores e coordenadores.

    Leia mais »

    Avaliar
    Fábio Garcia ReisFábio José Garcia dos Reis
    Diretor de Operações – Centro Unisal Lorena
    www.fabiogarciareis.com
    ***
     

    Os rankings geralmente são contestados em função de seus critérios, mas servem de parâmetro de comparação, especialmente, quando a metodologia é pública e coerente. Em setembro de 2010, Times Higher Education (THE) publicou o ranking das melhores universidades do mundo. Nenhuma instituição de educação superior (IES) brasileira entrou na lista das 200 melhores universidades. No último dia 10 de março, THE publicou o ranking da reputação elaborado a partir da opinião de mais de 13 mil acadêmicos. Cada pessoa consultada indicou 10 universidades.

    O ranking fez uma classificação das 100 universidades de maior reputação do mundo. Os Estados Unidos tem 45 universidades, a Inglaterra 12, o Japão 5, Canadá, Austrália, Alemanha e Holanda  4, Suíça e Suécia 3, China, Hong Kong, França, Singapura e Coréia do Sul 2 e Rússia, Bélgica, Taiwan, Índia, Finlândia e Áustria com 1 universidade.

    Leia mais »

    Avaliar
Números do Ensino Superior

Quer contribuir para o blog da ABMES?

Envie seu artigo para o e-mail comunicacao@abmes.org.br com nome completo, cargo e foto e aguarde nosso contato!

Categorias
Autores
Arquivos