Sobre : Janguie Diniz

Nome Completo: Janguiê Diniz
Site:
Detalhes: Diretor presidente da ABMES Secretário-Executivo do Fórum das Entidades Representativas do Ensino Superior Particular

Artigos do(a) Janguie Diniz:

    Janguiê Diniz
    Vice-presidente da ABMES
    Mestre e Doutor em Direito

    Fundador e Presidente do Conselho de Administração do Grupo Ser Educacional
    ***

    Eles já nasceram com wi-fi, conta no Instagram, imersos no ambiente digital. Para eles, livros não têm páginas e telefones não têm teclas. São os 100% nativos digitais. A Geração Alpha é como são chamadas as crianças nascidas a partir de 2010. Uma geração que não sabe o que é internet discada, nunca viu um disquete e não quer ouvir apenas as músicas que cabem em um CD. Como lidar com esses indivíduos, que já nasceram em uma realidade que é diferente daquela em que fomos criados e enxergam o mundo através de uma tela, ou várias?

    Ainda não há grandes definições sobre o perfil dessa geração, uma vez que seus componentes ainda nem atingiram os dez anos de idade. No entanto, baseado nas tendências que vêm se apresentando, é possível traçar linhas que servem como guia na análise dessa parcela da sociedade.

    Leia mais »

    Avaliar

    Janguiê Diniz
    Vice-presidente da ABMES
    Mestre e Doutor em Direito

    Fundador e Presidente do Conselho de Administração do Grupo Ser Educacional
    ***
    O Brasil tem índices muito baixos de pessoas com Ensino Superior completo. O dado, bastante preocupante, faz parte do relatório “Education at a glance”, divulgado pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), que inclui 45 países. O estudo deixa claros os desafios do sistema de ensino brasileiro, em um cenário que, por ora, não parece muito favorável.

    O relatório da OCDE aponta, entre outros dados, que apenas 21% dos brasileiros entre 25 e 34 anos de idade possuem um diploma de formação superior. A taxa é bem inferior à média dos países pesquisados pela Organização, que é de 44%. Para se ter ideia, o Brasil só fica à frente de China, Indonésia, Índia e África do Sul. Esse, talvez, seja um dos maiores desafios para o Brasil: realizar a verdadeira inclusão educacional que o país precisa. Muitas universidades públicas foram abertas no nosso território, o número de instituições privadas aumentou substancialmente, mas ainda é pequeno o total de pessoas que conseguem concluir os cursos.

    Leia mais »

    Avaliar

    Janguiê Diniz
    Vice-presidente da ABMES
    Mestre e Doutor em Direito

    Fundador e Presidente do Conselho de Administração do Grupo Ser Educacional
    ***

    Sempre escutamos que o Brasil é o país mais empreendedor do mundo. Por aqui, muitas pessoas se aventuram nessa seara, em negócios próprios. A maioria deles, no entanto, é do chamado empreendedorismo por necessidade, quando o indivíduo é levado a empreender por realmente precisar se manter – seja após uma demissão, ou qualquer outro tipo de dificuldade financeira. O empreendedorismo “de fato”, das pessoas que sonham em ter um empreendimento e fazem a ideia sair do papel não por necessidade, mas por um propósito, ainda pode ser muito mais forte, e há diversos entraves para que esse cenário se torne realidade.

    Um deles, e talvez o maior, é a burocracia brasileira. Com todo o vai e vem de cartórios e repartições públicas, assinaturas, firmas reconhecidas, xeroxes e outras exigências, perde-se muito tempo para se formalizar um empreendimento. O que é um contrassenso, uma vez que a informatização poderia resolver todo esse processo muito mais rapidamente. É verdade que essa realidade tem apresentado melhoras, mas ainda há muito o que se fazer para facilitar a vida do pequeno empreendedor, que luta para transformar seu negócio em realidade e formalizar-se e cumprir suas obrigações legais.

    Leia mais »

Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics