Destaques
Patrocínio
Facebook

Sobre : Outros-Autores

Nome Completo: Outros Autores
Site:
Detalhes: Coletânea de artigos de diversos autores.

Artigos do(a) Outros-Autores:

    Marcos Piazzeta
    Analista de Estudos de Mercado
    ***

    Na difícil configuração atual do mercado de educação superior brasileiro, a modalidade EaD mantém a sua trajetória com crescimento, rumo a consolidação. Os marcos regulatórios em 2017/2018 oportunizaram uma grande expansão de polos e flexibilização na oferta, o número de polos subiu de 2.947 em 2016 para 10.942 registros (no sistema E-mec em agosto de 2018). Aumentaram também o número de IES, no censo de 2017 tivemos 166 IES figurando como ofertantes na modalidade EaD, 38 novos registros ao compararmos com 2016.

    Análises feitas com base no Censo da Educação Superior de 2017, realizado pelo MEC/Inep, permite observar que a modalidade, na rede privada, corresponde a 25,6% dos matriculados e 39,0% dos ingressantes, se aprofundarmos na análise, considerando  somente os cursos comuns, mesmo portfólio, nas duas modalidades, o sale share da EaD chega à 45,7%.

    Leia mais »

    Avaliar

    Eduardo de Assis Brasil Rocha
    Advogado e professor universitário
    Diretor Geral da Faculdade de Direito de Santa Maria (FADISMA)
    ***

    Não é de hoje que discutimos os rumos da nossa Educação. Mas, muito especialmente nos últimos anos, estamos ainda mais centrados no sentido, no significado e impacto das inovações tecnológicas, no acesso irrestrito à informação, nas novas estruturas e, até, nos hábitos familiares. Nos perguntamos, invariavelmente, como lidar com essas questões em âmbito institucional? Ou, minimamente, como potencializar o ensino e a aprendizagem, conferindo experiências significativas? A verdade é que, independente do porte ou região de atuação, também invariavelmente, queremos sobretudo, perspectiva de futuro aos discentes que confiam em cada uma das Faculdades e/ou Universidades onde investimos esforços – e, por conseguinte, a nós gestores – seus sonhos.

    Viemos nos deparando com uma infinidade de dados. A  Pearson PLC, maior empresa de educação do mundo, nos passa alguns: 46% dos alunos aprenderam sozinhos usando recursos da internet, cursos rápidos e ferramentas gratuitas quando estavam em busca de novas qualificações para o trabalho; 75% dos alunos concordam com o processo de que o aluno deve ter cada vez mais autonomia e controle sobre o que estudar, sendo eles próprios mais ativos com relação ao aprendizado; 77% dos alunos entendem que a Inteligência Artificial será cada vez mais importante para a educação; 83% acreditam que ela será aliada dos alunos e; 71% que os livros impressos ficarão obsoletos nos próximos 5 anos.

    Leia mais »

    Avaliar

    Alberto Costa
    Senior Assessment Manager de Cambridge Assessment English, departamento da Universidade de Cambridge especializado em certificação internacional de língua inglesa e preparo de professores
    ***

    Como explicado no artigo anterior, a internacionalização do Ensino Superior é basicamente composta por camadas, como um conjunto de ações diversas que se completam. Já abordamos também aqui questões como a definição do processo e o primeiro passo para adotá-la, EMI[1] (um dos meios pelo qual a comunicação e a troca internacional acontecem) e cases nacionais e internacionais que podem ser estudados como inspiração para instituições que desejam seguir esse caminho.  Cada um desses temas pode ser entendido como aprofundamentos necessários a uma ou mais etapas dessa pirâmide que move a implementação e a sustentação do processo de internacionalizar o programa de educação.

    Basicamente as políticas de idioma existem para orientar as universidades durante o caminho de implantação do processo de internacionalização, mas sua atuação não para por aí. Ela também é importante nas fases seguintes. É justamente a partir disso que são estabelecidas metas para o ensino e definidas quais atividades serão necessárias para alcançá-las. Sua função é servir como uma base que definirá parâmetros – um conjunto de métricas para que a IES consiga medir o progresso em direção aos seus objetivos.

    Leia mais »

Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics