Destaques
Facebook
Twitter

    Sorry, no Tweets were found.

Arquivo da categoria ‘Educação internacional’

Print Friendly, PDF & Email

jacir-venturi2017Jacir J. Venturi
Coordenador da Universidade Positivo e membro do Conselho Estadual de Educação
Foi professor e diretor da UFPR e PUCPR
***

Esquadrinhamos 2.000 km desse pequeno país (10% do território paranaense), com apenas 71 anos de independência, 8,9 milhões de habitantes e mais de 3.000 anos de história. História de superação e tenacidade. Uma produtiva viagem de 8 dias, adrede bem planejada, munidos de aplicativos, sem guias e sem incidentes, em um automóvel com mais três familiares, todos com formação cristã. Abundantes são as informações turísticas nas rodovias, concomitantemente em três idiomas: hebraico, árabe e inglês, nesta ordem.

À guisa de uma artéria principal, numa das margens das estradas, o aqueduto nacional, que conduz para todo o país água doce do Mar da Galileia e água dessalinizada do Mediterrâneo. A balança comercial agrícola de Israel é deficitária em apenas 5%, um feito notável, pois 80% de suas terras não eram originalmente agriculturáveis. Se é assim, o solo é apenas suporte e adubo nele. O índice pluviométrico é baixíssimo? Pois bem, a água para a irrigação provém do tratamento dos esgotos das cidades, demandada por tubos de polietileno até à raiz das plantas, estas em boa parte distribuídas em estufas. O gotejamento é uma técnica criada em Israel em 1965, sendo adicionados à água nutrientes como superfosfato, cálcio e potássio. Nesse ecossistema, sem uso de agrotóxicos, um hectare está produzindo 30 vezes mais que a média mundial, fruto de um amplo desenvolvimento acadêmico e tecnológico.

Leia mais »

Print Friendly, PDF & Email

Gabriel Mario Rodrigues2Gabriel Mario Rodrigues
Presidente do Conselho de Administração da ABMES
***

A sala de aula do Futuro será um lugar aberto e mutável onde professores e alunos podem satisfazer as necessidades de introspecção e de amizade, de amor e de divertimento, de beleza e de convívio. É uma ‘academia platônica’ onde se cultiva a teoria e, ao mesmo tempo, uma ‘oficina renascentista’ em que se exercita a prática. É uma comunidade pedagógica onde não se ensina a competitividade destrutiva, mas sim, a competição solidária.” (Domenico de Masi)

 Já comentei outras vezes aqui neste blog da ABMES (A escola nas nuvens) as atividades do consultor de educação tecnológica Vanderlei Martinianos que dá o alerta: “Preparem-se para a quinta revolução industrial”.

Leia mais »

Avaliar
Print Friendly, PDF & Email

Gabriel Mario Rodrigues2Gabriel Mario Rodrigues
Presidente do Conselho de Administração da ABMES
***

“As atividades dos mais variados temas são trazidas pelos professores e cada aluno exerce a autonomia de escolher o que mais lhe interessa, de trabalhar em grupo ou sozinho. Assim, podem se dividir entre as mesas ou até mesmo aprender ao ar livre.” (Prof. José Pacheco – Escola Vila das Aves – Portugal)

Cursei o primário, o ginasial e o colegial no Santo Alberto, escola que nem existe mais. Dirigida pelos Carmelitas, situava-se entre o bairro da Liberdade e o de Bela Vista, em São Paulo capital. Alguns padres lecionavam e um deles sempre desafiava os alunos a dizerem quem era o autor ou a traduzir uma frase latina, mantida em moldura na biblioteca, com os dizeres do título deste artigo, que em tradução livre é: “Não aprendemos para a escola, mas para a vida”.

Leia mais »

Avaliar
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics