Arquivo da categoria ‘Geral’

Eliane Brum
Revista Época, publicado em 11 de julho de 2011
***

Ao conviver com os bem mais jovens, com aqueles que se tornaram adultos há pouco e com aqueles que estão tateando para virar gente grande, percebo que estamos diante da geração mais preparada – e, ao mesmo tempo, da mais despreparada. Preparada do ponto de vista das habilidades, despreparada porque não sabe lidar com frustrações. Preparada porque é capaz de usar as ferramentas da tecnologia, despreparada porque despreza o esforço. Preparada porque conhece o mundo em viagens protegidas, despreparada porque desconhece a fragilidade da matéria da vida. E por tudo isso sofre, sofre muito, porque foi ensinada a acreditar que nasceu com o patrimônio da felicidade. E não foi ensinada a criar a partir da dor.

Há uma geração de classe média que estudou em bons colégios, é fluente em outras línguas, viajou para o exterior e teve acesso à cultura e à tecnologia. Uma geração que teve muito mais do que seus pais. Ao mesmo tempo, cresceu com a ilusão de que a vida é fácil. Ou que já nascem prontos – bastaria apenas que o mundo reconhecesse a sua genialidade.

Leia mais »

Avaliar
Wanda Camargo
Educadora e presidente da Comissão do Processo Seletivo das Faculdades Integradas do Brasil – UniBrasil
***

Educação é um longo, e algumas vezes doloroso, processo de aceitação daquilo que não nos é interno – dentro de cada um vive um selvagem que mal aprendeu a andar ereto e ainda luta pela própria sobrevivência em detrimento de todos os outros.

Educação não é fácil, não é rápida, e contraria profundamente nosso desejo de prazer imediato, mas é o que nos faz permanecer no navio quando está escuro e o barco ameaça soçobrar. Auxilia a não entrar em pânico em ocasiões de grande perigo, e saber de cor o nosso ofício, no sentido original (do francês “coeur”, coração), que significa um conhecimento tão verdadeiro de alguma coisa, que se torna parte do cognoscente, de seu coração. Aprendizagem é decorrência de uma série de renuncias e frustrações, de erros e novas tentativas, de reiniciar quando tudo nos convida ao abandono, ao mais agradável e já conhecido. Mesmo ótimos professores, com as melhores metodologias, não substituem nosso esforço e dedicação, suas inspirações norteiam, mas não suprem nossa transpiração.

Aquele que verdadeiramente sabe não se deixa dominar por seu medo, faz o que todos esperam daqueles que detém o conhecimento, e, portanto, em várias áreas profissionais, nos mais diversos níveis hierárquicos, podem comandar.

Leia mais »

Avaliar
Isaac Roitman
Jornal da Ciência, publicado em 11 de janeiro de 2012
***

O título do artigo foi inspirado no Seminário: “Cidadão do Futuro: Políticas para o Desenvolvimento da Primeira Infância” realizado recentemente em Brasília e que foi organizado pela Secretaria de Assuntos Estratégicos e pela Secretaria de Direitos Humanos, ambas ligadas à Presidência da República. O evento contou com a participação de 49 palestrantes.

Um dos objetivos foi avançar na construção de um protocolo único para a atenção à primeira infância. Foram apresentados programas e políticas públicas em andamento em várias regiões do Brasil, alguns estaduais como o Primeira Infância Melhor (Rio Grande do Sul) e Asas da Florestania (Acre) e outros conduzidos por prefeituras: Curitiba, Florianópolis, São Paulo, Sobral, Rio de Janeiro, Petrolina e Campinas. Foi apresentado também o projeto “Chile Crece Contigo”, que tem sido utilizado como modelo de vários programas no Brasil e que tem como objetivo oferecer a toda população chilena um sistema de Proteção Integral para a Infância. Em 2009 uma lei específica criou o Sistema Intersectorial de Proteção Social que permitiu a continuidade e avanço do programa.
Leia mais »

Avaliar
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics