Arquivo da categoria ‘Gestão Educacional’

Gabriel Mario Rodrigues2

Gabriel Mario Rodrigues
Presidente do Conselho de Administração da ABMES
***

“O mundo no qual vivemos certamente não é o melhor dos mundos possíveis, mas é sem dúvida o melhor dos mundos que existiram até hoje.” (Domenico de Masi)

 Na história da humanidade nunca houve em 30 anos um crescimento tão exponencial de dados, informações e usuários que transitam pela Word Wide Web como agora. Os relatórios digitais 2019 da GlobalWebindex mostram que mais de um milhão de novos usuários acessam a Internet a cada dia e os números são os seguintes:

5,11 bilhões de usuários móveis únicos no mundo.

4,39 bilhões de usuários de internet em 2019, um aumento de 366 milhões (9%) em relação a janeiro de 2018;

3,48 bilhões de usuários de mídia social em 2019, com o total mundial crescendo em 288 milhões (9%) desde esse período do ano passado;

3,26 bilhões de pessoas usam mídias sociais em dispositivos móveis.

Leia mais »

Avaliar

Sandra Mara Bessa1
Bernadete Pessanha Cordeiro2
Anelise Pereira Sihler
3
***

O mundo está mudando com uma rapidez incrível e com intensidade cada vez maior. A mudança sempre existiu, mas não com o volume, a rapidez e o impacto com que ocorre hoje. Os desafios dos responsáveis, hoje, pelas organizações, especialmente as educacionais, decorrem, de um lado, do novo formato das relações do homem com o mundo especialmente no que diz respeito à competitividade e de outro lado, das mudanças por que passa o mundo, com impacto relevante na natureza da educação e nas relações de trabalho.

São inúmeros os fatores que contribuem para isso: as mudanças tecnológicas, econômicas, sociais, culturais, legais, políticas, demográficas e ecológicas que atuam de modo conjugado e sistêmico, em um campo dinâmico de forças que produz resultados inimagináveis, trazendo imprevisibilidade e incerteza para as organizações. Daí a necessidade de se investir no potencial humano presente nessas organizações que se tornam efetivamente instituições que aprendem em um contexto complexo.

Leia mais »

Avaliar

Janguiê Diniz
Vice-presidente da ABMES
Mestre e Doutor em Direito

Fundador e Presidente do Conselho de Administração do Grupo Ser Educacional
***
O Brasil tem índices muito baixos de pessoas com Ensino Superior completo. O dado, bastante preocupante, faz parte do relatório “Education at a glance”, divulgado pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), que inclui 45 países. O estudo deixa claros os desafios do sistema de ensino brasileiro, em um cenário que, por ora, não parece muito favorável.

O relatório da OCDE aponta, entre outros dados, que apenas 21% dos brasileiros entre 25 e 34 anos de idade possuem um diploma de formação superior. A taxa é bem inferior à média dos países pesquisados pela Organização, que é de 44%. Para se ter ideia, o Brasil só fica à frente de China, Indonésia, Índia e África do Sul. Esse, talvez, seja um dos maiores desafios para o Brasil: realizar a verdadeira inclusão educacional que o país precisa. Muitas universidades públicas foram abertas no nosso território, o número de instituições privadas aumentou substancialmente, mas ainda é pequeno o total de pessoas que conseguem concluir os cursos.

Leia mais »

Avaliar
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics