Destaques
Patrocínio
Facebook

Arquivo da categoria ‘Internacionalização’

Arnaldo Niskier
Jornalista e professor
Folha de S.Paulo, publicado em 23 de setembro de 2019
***

Gostamos de competir sempre com a Argentina. Há um setor em que sofremos há muito tempo: o da ciência. O país vizinho tem a honra de contar com o Prêmio Nobel de Bernardo Houssay (Medicina, em 1947), o que jamais ocorreu ao Brasil.

Como se diz no esporte, batemos na trave algumas vezes, com Josué de Castro, o grande autor de “Geografia da Fome”, Jorge Amado e dom Hélder Câmara. Não contaram com a simpatia do governo brasileiro. Leia mais »

Avaliar

Celso Niskier
Diretor presidente da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES)
Reitor do Centro Universitário UniCarioca
***

O dragão, segundo a mitologia chinesa, foi um dos quatro animais sagrados que participaram da criação do mundo. Segundo a mesma mitologia, eles podem ser grandes como o universo, ou pequenos como um bicho-da-seda. É o depositário de todas as qualidades que se pode almejar: sabedoria, coragem, nobreza, força e beleza. Serve, portanto, de inspiração para uma jornada que se inicia nesta semana.

Depois do sucesso da viagem à Rússia, em 2017, e a Israel, em 2018, a Delegação ABMES Internacional, promovida pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior, embarca nesta semana rumo à China. Um grupo de 40 mantenedores e dirigentes educacionais, patrocinado pelas empresas Grupo A e Pearson, visitará durante duas semanas as principais universidades chinesas, para conhecer um pouco mais sobre o chamado “milagre chinês” e como esse país continental, que é o maior parceiro comercial do Brasil, está enfrentando os desafios do século XXI.

Leia mais »

Alberto Costa
Senior Assessment Manager de Cambridge Assessment English, departamento da Universidade de Cambridge especializado em certificação internacional de língua inglesa e preparo de professores
***

Nos três materiais anteriores produzidos aqui para o blog da ABMES (A internacionalização do ensino superior fora do Brasil e o que podemos aprender com os cases de sucesso / Internacionalização no Brasil: o que podemos aprender com as universidades que já iniciaram o processo / Qual o primeiro passo para um projeto de internacionalização na Educação Superior?), nós citamos mais de uma vez uma variável em comum que é tida como essencial para que os projetos de internacionalização sejam implementados com sucesso. Trata-se do inglês enquanto um componente do programa de línguas que permite a comunicação para promover conexões globais para a cooperação acadêmica internacional. Essa geralmente é uma das maiores barreiras para que as universidades brasileiras, que têm o português como língua mãe, enfrentam para dar o primeiro passo, já que muitas delas recebem alunos que não foram preparados da maneira correta para dominar a proficiência.

E dentro desse cenário, uma prática que vem crescendo com rapidez no mundo, principalmente nos países que buscam a globalização por meio da educação bilíngue ou internacional, é o English as a Medium of Instruction (EMI). Em outras palavras, EMI é o uso do inglês para ensinar matérias acadêmicas em países ou áreas onde o inglês não é a primeira língua da maioria da população. As razões pelas quais instituições de ensino superior estão dispostas a implementar o EMI são várias: atrair estudantes internacionais, estar melhor posicionadas nos rankings universitários, dar aos estudantes a possibilidade de estudar no exterior, aumentar as possibilidades de carreira de estudantes e funcionários, etc.

Leia mais »

Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics