Arquivo da categoria ‘Legislação e normas’

Ronaldo MotaRonaldo Mota
Reitor da Universidade Estácio de Sá
***

Em um contexto em que a informação estará totalmente acessível, instantaneamente disponibilizada e gratuitamente ofertada, o processo ensino-aprendizagem será profundamente afetado e a incorporação de novas tecnologias e a introdução de metodologias inovadoras serão a marca deste novo tempo. Muito além da simples modalidade, o ensino a distância representa a real possibilidade de conjugarmos quantidade com qualidade e é o prenúncio de um novo período de educação híbrida e flexível, em um mundo globalizado e literalmente sem fronteiras.

A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Brasileira, (LDB, Lei n.º 9.394, de 20 de dezembro de 1996) apresentou uma inovação no seu art. 80 estimulando o ensino a distância nos diferentes níveis. A criação da Secretaria de Educação a Distância (Seed/MEC), no início do Governo Fernando Henrique Cardoso (1994-2002), representou uma iniciativa positiva para a institucionalização da modalidade. No Governo Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2011), houve um significativo avanço da educação a distância, chegando ao quadro atual em que a educação a distância é a principal responsável pelo crescimento de matrículas no ensino superior.

Leia mais »

Avaliar
Gabriel Mario Rodrigues 1Gabriel Mario Rodrigues
Presidente da ABMES e Secretário Executivo do Fórum das Entidades Representativas do Ensino Superior Particular
***

Permanece a esperança de que o governo reconheça a importância do segmento privado de ensino superior para a formação de jovens e de adultos e para contribuir no processo de implantação do Plano Nacional de Educação (PNE). Permanece a esperança de que o governo reconheça também o papel do setor privado como parceiro incansável na busca de um desenvolvimento harmônico e sustentável da sociedade brasileira.

A preocupação em saber quais são as tendências do ensino superior para os próximos anos e em conhecer a realidade atual da educação brasileira reuniu mais de quinhentas pessoas – mantenedores, gestores, professores e profissionais da área – no VIII Congresso do Ensino Superior Particular (CBESP) realizado nos dias 14 e 15 de maio na cidade do Rio de Janeiro. O evento foi também acompanhado ao vivo pela internet por mais de 1.100 pessoas em todas as regiões brasileiras e países como Estados Unidos, Holanda, Japão, China, Turquia, Espanha, Suíça, dentre outros.

Leia mais »

Avaliar
Gabriel Mario Rodrigues 1Gabriel Mario Rodrigues
Presidente da ABMES e Secretário Executivo do Fórum das Entidades Representativas do Ensino Superior Particular
***

O ministro da Educação Renato Janine Ribeiro afirma que “o Brasil vive um momento de grande crença no potencial do ensino”. Ele declarou (veja aqui) que são enormes os desafios do setor para viabilizar suas metas e ressalta um ponto positivo: que a sociedade quer se mobilizar e oferecer a sua contribuição. O VIII Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular (CBESP) vai ao encontro desses objetivos.

Dois mil e quinze vai ser lembrado no calendário educacional brasileiro como um ano diferenciado, porque todos os fatores para um desempenho difícil do setor estão acontecendo ao mesmo tempo: início atribulado das matrículas das instituições de ensino superior (IES) advindos da reformulação das regras do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies); período presidencial tumultuado; dificuldades econômicas do país; cenário preocupante da economia mundial; descontentamento da população em relação à condução das empresas estatais; péssima qualidade dos serviços públicos e desencanto com o nosso mundo político.

Leia mais »

Avaliar
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics