Arquivo da categoria ‘Cultura e literatura’

Antonio OliveiraAntônio de Oliveira
Professor universitário e consultor de legislação do ensino superior da ABMES (1996 a 2001)
antonioliveira2011@live.com
***

Intercurso intelectual, ou de saberes, é linha tênue que separa o mestre do aprendiz, criança, jovem ou mesmo adulto. À semelhança do Padre Anchieta, que era, ao mesmo tempo, mestre/discípulo, discípulo/mestre. Mestre, enquanto difundia sua cultura trazida da Europa; discípulo, pois muito tinha que aprender dos e com os nativos. Principalmente com os curumins, palavra de origem tupi, designativa, de modo geral, de crianças indígenas. Uma vez catequizadas, essas crianças é que repassavam o catecismo aos seus pais, de maneira informal, em tupi. Afinal, “uma cultura não existe porque vale, mas vale porque existe”.

Atualmente, crianças e jovens convivem numa boa com a tecnologia, que por vezes assusta os mais idosos, inclusive professores. Se um jovem quer saber qual é a capital da Itália, num átimo consulta o Google. Esse não deixa de ser um compartilhamento de saberes e de tecnologia. Nós, adultos, nos tornamos crianças grandes. Aí se entra no campo da interação, da presença pedagógica, que tanta falta faz em tempos de coronavírus. Colo, calor humano, aconchego, um bom-dia presencial, um olá, ajudam a compor o cenário humano…

Leia mais »

Avaliar

Antonio OliveiraAntônio de Oliveira
Professor universitário e consultor de legislação do ensino superior da ABMES (1996 a 2001)
antonioliveira2011@live.com
***

Em tempos de confinamento e de isolamento social forçado, abre-se espaço, em casa, para meditação, reflexão. Debrucei-me, hoje, sobre um poema, em Odes de Ricardo Reis: Fernando Pessoa, Para ser Grande, sê Inteiro. Fiquei imaginando: Para ser grande não é preciso ser grande, mas é preciso ser inteiro. Nesse sentido, aplica-se o dito: Tamanho não é documento. Tampouco importa ser gente, necessariamente. Estive a meditar o que é ser grande…

Admiramos o trabalho de uma formiguinha, cujo esforço se elogia e é dado como exemplo de solidariedade com outras formigas, dai se estendendo, como um desideratum, até os humanos. Roberto Carlos canta a sensual atração de Mujer Pequeña. Uma criancinha é grande sem ser grande. É inteira. Do tamanho dela.

Leia mais »

Avaliar

Antonio OliveiraAntônio de Oliveira
Professor universitário e consultor de legislação do ensino superior da ABMES (1996 a 2001)
antonioliveira2011@live.com
***

Não sei se com algum ponto de intersecção, ou não, a pandemia do coronavírus me remete a Saramago, precisamente ao seu “Ensaio sobre a cegueira”. Consultando meus alfarrábios, notei que lera esse livro: SARAMAGO, José. Ensaio sobre a cegueira. São Paulo: Companhia das Letras, 1995. 312 p. (jun./2002; fonte: empréstimo Dr. Felício Rodrigues, médico Fumec).

O romance versa sobre uma epidemia que acomete repentinamente uma cidade: uma “cegueira branca”, pastosa, como alguém que mergulhasse de olhos abertos num “mar de leite”. Alegoricamente, imagem em branco de uma sociedade que perde o senso do limite entre civilização e barbárie multifacetada.

Leia mais »

Avaliar
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics