Destaques
Patrocínio
Facebook

Arquivo da categoria ‘MEC’

Luciano Sathler
Membro do Comitê de Qualidade da Associação Brasileira de Educação a Distância e Reitor do Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix
***

Ao que tudo indica, o ano de 2020 será marcado por grandes emoções para quem atua na gestão de instituições de educação superior (IES).

O marco regulatório tem mudado bastante e promete ainda mais flexibilidade, no sentido da autorregulação.

As fontes públicas de financiamento escasseiam – tanto nas verbas para IES municipais, estaduais e federais quanto em programas como o Fies.

O ticket médio praticado pelas IES privadas e comunitárias está fortemente pressionado para baixo, diante de uma concorrência de inédito dinamismo no ensino presencial e na Educação a Distância (EAD).

Leia mais »

Avaliar

Celso Niskier
Diretor presidente da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES)
Reitor do Centro Universitário UniCarioca
Publicado no Estadão, em 13 de fevereiro de 2020
***

Uma das mais importantes questões hoje no Brasil, especialmente na educação superior, é o debate sobre a autorregulação. O modelo tem sido cada vez mais presente em diversas atividades e segmentos e se apresentado bastante eficiente, contribuindo para avanços no desenvolvimento de todo o mercado, com maior segurança e estabilidade.

Em recente reunião no Ministério da Educação (MEC), representantes do Fórum das Entidades Representativas do Ensino Superior Particular, em conjunto com o Fórum dos Presidentes das Instituições Comunitárias de Ensino Superior, apresentaram ao ministro as diretrizes principais para o futuro aprimoramento da regulação das atividades das instituições de ensino superior particular.

Leia mais »

Avaliar


Rita Schane

Especialista em pareceres pedagógicos do Sistema de Ensino Aprende Brasil
***

“Você não é todo mundo”. O velho bordão de mães e pais pode parecer apenas uma resposta negativa padrão para pedidos dos pequenos, mas diz muito sobre como precisamos olhar para nossas crianças. A questão da alfabetização no Brasil é um exemplo. O Plano Nacional de Educação (PNE) diz que a criança pode ser alfabetizada até o terceiro ano do Ensino Fundamental, a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) até o segundo ano e, recentemente, o Pacto Nacional pela Alfabetização ressalta que esse processo deve ocorrer, preferencialmente, no primeiro ano do Ensino Fundamental.

Como resultado desse desencontro e de outras questões referentes à alfabetização, temos os resultados mais recentes da Avaliação Nacional da Alfabetização (ANA), em que encontramos uma taxa de 54% dos alunos concluintes do 3º ano com desempenho insuficiente no exame de proficiência em leitura. Isso nos leva a crer que os professores estão desamparados e necessitando de auxílio, sem saber o que mais pode ser feito, diante da cobrança de toda a comunidade, para que os alunos sejam alfabetizados o mais rápido possível.

Leia mais »

Avaliar
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics