Destaques
Facebook
Twitter

Arquivo da categoria ‘Carreira e mercado de trabalho’

Print Friendly, PDF & Email
Marcelo Mariaca
Presidente do conselho de sócios da Mariaca e professor da Brazilian Business School
Brasil Econômico, publicado em 16 de janeiro de 2012
***

“Pai, mãe, decidi largar a universidade.” Essa é uma frase que dez entre dez pais odiariam ter de ouvir do filho ou da filha.

O diploma superior é visto como um dos passaportes para o sucesso pessoal e profissional, principalmente pelas pessoas que sabem que a universidade tem forte influência na mobilidade e ascensão social.

É verdade que grandes empreendedores brasileiros inovaram e construíram grandes negócios e fortunas sem terem diploma superior.

Leia mais »

Avaliar
Print Friendly, PDF & Email
Ruy Fernando Ramos Leal
Superintendente Geral do Instituto Via de Acesso
***

Em diversas pesquisas e levantamentos, invariavelmente é identificado que o jovem da Geração Y define a empresa ideal como aquela que proporciona um ambiente de trabalho agradável, desenvolvimento e crescimento profissional acelerados, qualidade de vida em primeiro lugar e que tenha boa imagem no mercado. Estou no mercado de trabalho há 35 anos e nunca encontrei essa empresa maravilhosa, que consegue afinar crescimento rápido de carreira com qualidade de vida.

O jovem é o combustível natural para a continuidade das famílias, da sociedade, dos exércitos e das organizações empresariais. Não há outra matéria prima para o futuro dos negócios e da própria vida neste planeta.

As empresas necessitam dos jovens para se oxigenarem, manterem ativo o seu processo de inovação e perpetuarem suas atividades, produtos e serviços. E os jovens vêem nas empresas objetos de desejo para suas empreitadas profissionais, ambiente em que poderão exercitar sua capacidade e habilidades.

Leia mais »

Avaliar
Print Friendly, PDF & Email
Polan Lacki
Polan.Lacki@uol.com.br | http://www.polanlacki.com.br
***

Nos países latino-americanos, uma crescente porcentagem de jovens, rurais e urbanos, já está conseguindo concluir a escola fundamental e até a média ou secundária. Lamentavelmente, este êxito é mais aparente que real, pois em termos práticos está produzindo resultados decepcionantes. Os jovens, agora mais escolarizados e com um horizonte de aspirações e ambições ampliado, sentem-se frustrados, para não dizer enganados.

Depois de estudar longos 11 anos, durante os quais alimentaram a ilusão de que este esforço lhes ofereceria um futuro de oportunidades e de prosperidade, eles descobrem que não estão aptos sequer a obter um modestíssimo emprego; pois egressam do sistema escolar sem possuir as “qualidades” que os empregadores esperam e necessitam encontrar em um bom funcionário. Isto acontece porque o sistema de educação, rural e urbano, não lhes proporciona os conhecimentos úteis, as aptidões necessárias e nem sequer as atitudes e os valores que necessitam para ser bons empregados; tampouco os prepara para que sejam bons cidadãos e pais de família que saibam educar, orientar, alimentar e cuidar da saúde dos seus filhos, etc.

Leia mais »

Avaliar
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics