Destaques
Facebook
Twitter

Arquivo da categoria ‘Carreira e mercado de trabalho’

Print Friendly, PDF & Email

Andréa Tavares
Mestre em Ciência Política/Relações Internacionais (UFPE)
Editora do Diário Oficial do Poder Legislativo. Docente em Comunicação Social, Ciência Política e Relações Internacionais
andreatavaress@gmail.com
***

Ao me deparar com o final de mais um semestre e com o repetitivo roteiro para o qual alguns de meus alunos caminham, ou seja, o Exame Final, sinto-me impulsionada a propor um momento de reflexão. Se pensarmos que o embasamento didático para o referido procedimento de avaliação é oferecer outra oportunidade aos que, pelos mais diversos motivos, não alcançaram o aproveitamento necessário em determinada disciplina; consideraremos a ferramenta propícia, eficiente e eficaz.

Entretanto, esse mecanismo que deveria ser exceção, tornou-se prática. É preocupante verificar a declarada confiança que certos alunos insistem em alimentar já no início do semestre letivo. Eles primam pela infeliz análise: “Se não conseguir, vou para a Final, quando a média de aprovação baixa de 7,0 para 5,0. É fácil”. A frase entre aspas muda um pouco, a cada novo semestre, mas o contexto, lamentavelmente, é o mesmo.

Leia mais »

Avaliar
Print Friendly, PDF & Email
Miro Hildebrando*
A Notícia, publicado em 27 de junho de 2011
***

Podemos dizer, com todas as letras, que nunca houve uma época tão complexa e ao mesmo tempo tão desafiadora quanto a nossa. O conhecimento humano avança celeremente: há duas gerações, dobrava a cada 20 anos; a geração atual o vê dobrar num período inferior a dois anos. A tecnologia da informação (TI) faz com que o volume de dados dobre a cada 18 meses – ou menos. Hoje, é praticamente impossível ter-se conhecimento amplo e aprofundado da própria área de atividades: por exemplo, somente em economia, publicam-se perto de 15 mil livros e artigos científicos por ano.

Algumas funções na área da TI são radicalmente novas, como catalogar milhares de novos produtos e serviços; digitalizar documentos, incluindo aqueles escritos a mão; detectar preferências de consumidores avaliar gostos e atitudes na web; testar jogos, etc. A lista de novas funções (microtrabalho) cresce sem parar, e a interligação com computador, internet, TV, jogos e telefone gera novas necessidades, que se estendem para o ambiente empresarial e doméstico, passando pela mecatrônica e eletricidade, envolvendo equipamentos e sistemas de todos os tipos, móveis e estacionários.

Leia mais »

Avaliar
Print Friendly, PDF & Email
Wanda Camargo
Presidente da Comissão do Processo Seletivo – Faculdades Integradas do Brasil – UniBrasil
***

O ensino superior atravessa uma imensa crise de identidade; e isso é a melhor coisa que lhe poderia acontecer. Recordando o já muito conhecido ideograma chinês que abrangeria crise e oportunidade, a universidade está em ocasião única de se repensar, recriar, redefinir seu papel em um mundo em mutação radical.

Herdeira e continuadora da tradição dos mosteiros medievais, a universidade teve por papel a conservação e criação de conhecimento. Hoje a realização destas atividades é disputada por institutos de pesquisa, por governos, por grandes corporações; aparentemente a universidade estaria relegada a uma posição acessória. Apenas aparentemente, a verdadeira pesquisa universitária é a pesquisa científica, não necessariamente aplicada e não necessariamente pragmática, a pesquisa da qual podem resultar as idéias que iluminarão os séculos seguintes.

Leia mais »

Avaliar
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics