Arquivo da categoria ‘Carreira e mercado de trabalho’

Wanda Camargo
Presidente da Comissão do Processo Seletivo – Faculdades Integradas do Brasil – UniBrasil
***

O ensino superior atravessa uma imensa crise de identidade; e isso é a melhor coisa que lhe poderia acontecer. Recordando o já muito conhecido ideograma chinês que abrangeria crise e oportunidade, a universidade está em ocasião única de se repensar, recriar, redefinir seu papel em um mundo em mutação radical.

Herdeira e continuadora da tradição dos mosteiros medievais, a universidade teve por papel a conservação e criação de conhecimento. Hoje a realização destas atividades é disputada por institutos de pesquisa, por governos, por grandes corporações; aparentemente a universidade estaria relegada a uma posição acessória. Apenas aparentemente, a verdadeira pesquisa universitária é a pesquisa científica, não necessariamente aplicada e não necessariamente pragmática, a pesquisa da qual podem resultar as idéias que iluminarão os séculos seguintes.

Leia mais »

Avaliar
Gilberto Dimenstein
Folha, publicado em 14 de junho de 2011
***

Esse é daqueles projetos que valem a pena prestar atenção, afinal está ajudando a moldar a universidade do futuro.

Num prédio abandonado, Harvard está montando um laboratório para estimular o empreendedorismo dos seus alunos. Até aí nada de mais. O diferente é que qualquer aluno pode participar, independentemente de sua faculdade. Vão ter também pesquisadores e professores dos mais diferentes cursos, acompanhados por empresários e executivos (o detalhamento está no www.catracalivre.com.br). É um babel multidisciplinar.

Não são apenas empreendimentos econômicos que serão estimulados, apenas do projeto, batizado de I-Lab (Laboratório da Inovação), a ser conduzido pela escola de negócios, considerada uma das melhores do mundo. Vale qualquer empreendimento, a começar dos sociais.

Leia mais »

Avaliar
Adriano Berger
Foco em Gerações, publicado em 30 de maio de 2011
***

Existe uma pergunta que muitos fazem, alguns ignoram e outros tantos dizem que é uma grande bobagem perder tempo discutindo: por que estuda-se tanto a geração Y, sendo que em matéria de comportamento ela é igual a qualquer outra, mudando-se apenas o contexto à sua volta?

Pois a resposta está exatamente aí: NO CONTEXTO À SUA VOLTA.

Uma das principais competências desenvolvidas pela geração Y é a sua capacidade de enxergar além do horizonte. No jargão da moda, fala-se em “enxergar fora da caixa”.

Leia mais »

Avaliar
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics