Destaques
Patrocínio
Facebook

Arquivo da categoria ‘Carreira e mercado de trabalho’

Print Friendly, PDF & Email

ana-cambuiAna Altina Pereira Cambuí*
Mestre em Educação e  Contemporaneidade
Coordenadora Adjunta do curso de Medicina da Faculdade de Saúde Santo Agostinho de Vitória da Conquista – FASA
***

Vivemos num mundo de grande imprevisibilidade em todos os setores da sociedade, especialmente no campo educacional. Tais mudanças e transformações foram e vem sendo oportunizadas pelo avanço tecnológico, pela industrialização da produção que transforma conhecimento científico em tecnologia – criando novos ambientes humanos e destruindo os antigos, pela produção do conhecimento cada vez mais intenso, infinito e aproximadamente exato, como também pela era de incertezas que estamos vivenciando nos últimos anos, principalmente a partir do final do século XX que, segundo Morin (2011, p. 69) trata-se de um século que “descobriu a perda do futuro”. São ondas e ondas que nos dá a sensação de não haver uma ilha segura e, porque não, estável.

Bauman (2009) afirma que quando se patina sobre um gelo fino, a segurança está na velocidade. Na vida líquida moderna, os fatos e acontecimentos mudam tão depressa que é praticamente impossível compreender a origem e a evolução dos acontecimentos. Por isso, cada dia mais a sociedade requisita uma força de trabalho qualificada, treinada e adaptável a esse interminável mundo de mudanças, cujo processo pode ser denominado como “destruição criativa”. Significa dizer que na vida líquida a riqueza dos seres humanos estar no conhecimento que estes têm e não na riqueza de um bem.

Leia mais »

Avaliar
Print Friendly, PDF & Email

dal-marcondes1Dal Marcondes
Jornalista
Desde 1995 dirige o Portal Envolverde, publicação dedicada ao Jornalismo & Sustentabilidade
***

Um debate presente em qualquer roda de jornalistas é sobre a sobrevivência dos jornais. No entanto, não importa qual será o suporte da notícia amanhã, se estará em uma folha de papel, em um tablet, em um celular ou projetada diretamente na retina. Nem mesmo importa se estará representada em um vídeo, em um podcasts ou em texto. O que realmente importa é se ela terá um compromisso claro com o desenvolvimento da humanidade em um planeta que caminha para 9 bilhões de pessoas em pouco mais de 30 anos. O jornalismo é parte fundamental da construção do processo civilizatório, com ele a democracia ganhou um olho vigilante ao longo dos séculos, e sua desconstrução não interessa a nenhuma sociedade.

A transformação do jornalismo em entretenimento por conta da necessidade de mais e mais público, demanda do mercado publicitário, não favorece a construção de sociedades melhor informadas, pelo contrário, desvanece o senso crítico e facilita o distanciamento entre percepção e os fatos. O jornalismo que se necessita para as transformações de modelo econômico e socioambiental demanda recursos que o atual modelo de financiamento dos meios não é capaz ou não deseja oferecer. Aliás, independente do jornalismo que se pratique, atualmente existe uma crise que se alastra pelo modelo de negócio de empresas de comunicação, que se aproxima mais da oferta de entretenimento, em detrimento da oferta de informação.

Leia mais »

Avaliar
Print Friendly, PDF & Email

Gabriel Mario Rodrigues2Gabriel Mario Rodrigues
Presidente do Conselho de Administração da ABMES
***

O mundo real se transforma continuadamente e, apesar de todo o progresso conseguido, terá sempre enormes desafios a serem vencidos. São cenários altamente competitivos, e, por estar presa ao passado, a universidade tem pouco comprometimento com estas demandas do futuro.

Os dados do Censo da Educação Superior 2015, divulgados pelo Inep no último dia 6, apresentaram poucos fatos relevantes. São as mesmas informações de sempre, que reforçam o modelo tradicional do nosso sistema educacional.

Leia mais »

Avaliar
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics