Arquivo da categoria ‘Novas tecnologias’

Print Friendly, PDF & Email
Lidyane Lima
Gerente de Comunicação e TI da ABMES
lidyane@abmes.org.br
***

O blog ABMESeduca ultrapassou, no final de setembro, 200 mil visitas. O fato é motivo de muita satisfação para a Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES). Hoje, dia 3 de outubro, o blog comemora 4 anos desde o seu primeiro post. E o crescimento deste espaço de debate sobre temas relacionados à educação é comprovado não apenas pelos números, mas pelos relacionamentos que têm sido constituídos em torno da ferramenta.

Nós hoje aproveitamos a oportunidade para agradecer à diretoria e à equipe ABMES pelo empenho e zelo com o qual o blog é tratado para levar, diariamente, novos artigos aos nossos leitores. Agradecemos também aos colaboradores que nos encaminham seus textos e nos possibilitam a condição de termos sempre material de qualidade. Mas, principalmente, agradecemos a nossos leitores. Em especial aos que nos acompanham desde o início, mas também àqueles que nos descobrem diariamente, por meio de uma indicação, uma pesquisa nos mecanismos de busca ou pelas divulgações feitas nos canais da ABMES.

Leia mais »

Avaliar
Print Friendly, PDF & Email
Gabriel Mario Rodrigues
Presidente da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES)
e Secretário Executivo do Fórum das Entidades Representativas do Ensino Superior Particular
*** 

As melhores universidades do mundo abrem as portas da excelência ao oferecer na rede cursos inteiros de graça.[1]

No final da década de 1960 um controvertido personagem mundial vivia fazendo previsões apocalípticas sobre o destino da humanidade: um mundo populoso sem reservas naturais e ambientais seria destroçado por meio de choques entre pobres esfomeados e ricos enjaulados em suas moradias.

Leia mais »

Avaliar
Print Friendly, PDF & Email
Wanda Camargo
Educadora e assessora da presidência das Faculdades Integradas do Brasil – UniBrasil
***

A história brasileira parece sempre ter sido contada para consumo público, como se tivesse ocorrido apenas por protagonismo de alguns personagens, restando a nós outros a figuração e o pagamento de impostos. Nossa independência de Portugal teria sido mera consequência do capricho de um príncipe – e a libertação dos escravos, ato benigno de sua neta. Como se as ações, a coragem, a pressão, o sacrifício, os ideais de muitos não tivessem tido maior importância.

Essa simplificação maliciosa e infantilizante vem até os nossos dias. Os calendários oficiais contemplam os “autores” dos acontecimentos importantes, citando-os como exemplos a serem seguidos, esquecendo a participação e os sofrimentos reais dos que os seguiram e viabilizaram seus atos.

Leia mais »

Avaliar
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics