Destaques
Facebook
Twitter

Arquivo da categoria ‘Novas tecnologias’

Print Friendly, PDF & Email
Maria Alice Setubal
Folha de S.Paulo, publicado em 27 de março de 2013
***

Os tablets substituirão o professor? Como as tecnologias afetam a educação? Por que a educação tradicional não responde aos anseios da sociedade contemporânea? A relação entre as tecnologias e a educação instiga muitas questões.

Os vídeos de matemática de Salman Khan são apenas um exemplo. O sucesso das inúmeras plataformas, vídeos, games e aplicativos educacionais que inovam as formas de aprendizagem nos leva a refletir sobre os fundamentos que apoiam essas ferramentas.

A revolução tecnológica possibilitou o surgimento de uma inteligência coletiva, com aprendizagens em rede e descentralização das esferas do conhecimento.

Leia mais »

Avaliar
Print Friendly, PDF & Email
Gabriel Mario Rodrigues
Reitor da Universidade Anhembi Morumbi
Presidente da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior
Secretário executivo do Fórum das Entidades representativas do Ensino Superior Particular
***

O cientista político Alexandre Barros em artigo publicado no jornal O Estado de São Paulo[1] – “Ciência sem fronteiras … e sem critérios”– observou:

Começam a pipocar alertas sobre o programa Ciência sem Fronteiras, mais uma das soluções de burocratas para renderem muita notícia e depois serem esquecidas. Há um casamento de conveniência entre a ânsia da burocracia brasileira e a das burocracias universitárias num mundo em crise. Estudantes estrangeiros com bolsas governamentais são uma verdadeira bênção para qualquer universidade: governos pagam em dia e os alunos não dão muito trabalho.

A maior preocupação de Barros é com a falta de proficiência dos estudantes em língua estrangeira, fato que ele mesmo teve de superar para mostrar que dominava o idioma inglês quando concorreu a uma bolsa de pós-graduação no exterior.

Este é, a nosso ver, o menor dos problemas.

Leia mais »

Avaliar
Print Friendly, PDF & Email
Silvio Meira
Terra Magazine, publicado em 07 de fevereiro de 2013
***

Em 1987, stephen roach olhava para os dados sobre produtividade na economia americana e não conseguia encontrar uma relação entre o investimento em TICs e o aumento da performance dos trabalhadores que faziam uso de computadores nos escritórios. quase ao mesmo tempo, robert solow dizia que… you can see the computer age everywhere but in the productivity statistics… era possível ver a era da computação em todo canto, menos nas estatísticas de produtividade. um bom resumo da discussão da época, sobre o tema, está neste link.

Computadores e TICs não foram um conjunto de inovações de fácil absorção pelas empresas. pra saber por que, imagine que você mesmo compra um PC, leva a coisa pra casa e liga na tomada. claro que não acontece nada, além do gasto de energia e geração de calor e ruído. é preciso instalar software, aprender a usar, desenvolver software de propósito específico [no caso das empresas], conectar à internet, ver quem mais está usando ou fazendo alguma coisa que lhe interessa e se ligar a eles… ou seja, há uma longa curva de aprendizado, combinada com investimento, antes que haja algum efeito real do PC na sua vida. ou da empresa. se houver.

Leia mais »

Avaliar
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics