Destaques
Patrocínio
Facebook

Arquivo da categoria ‘Novas tecnologias’

Print Friendly, PDF & Email
Júlio César de Castro Ferreira
Especialista em comunicação digital
www.produtoranebadon.com.br
***

Que a área da comunicação vem passando por amplas transformações a partir da internet, não é novidade para ninguém, especialmente quando falamos do quesito interatividade. Antes da internet as mídias convencionais não possibilitavam nenhum tipo de interação, ou expressão de opinião a partir das propagandas, entretenimento e informações que chegavam até o consumidor, além das poucas opções disponíveis para a sua escolha. Ou seja, o espectador era totalmente passivo e tinha que consumir o que lhe era apresentado sem muitas possibilidades de questionar, elogiar, reclamar ou sugerir.

Mas, quando falamos de mídias e comunicação via internet, a palavra “espectador” não se adequa muito bem, por que, o índice de interatividade é incomparavelmente maior, e o usuário tem voz ativa em relação ao que vai “consumir” ou não. Na internet a massa passou a ter força, especialmente quando falamos de redes sociais, que se tornaram os maiores catalisadores da opinião da massa em relação a praticamente tudo que envolve a nossa sociedade.

Leia mais »

Avaliar
Print Friendly, PDF & Email
Gabriel Mario Rodrigues
Presidente da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES) e
Secretário Executivo do Fórum das Entidades representativas do Ensino Superior Particular
***

Não há maior delito no mundo que o ser melhor
(Pe. Antonio Vieira no sermão do Advento.)

O publicitário Asdrúbal de Souza Galvão trabalhou comigo há uns 30 anos. Tendo passado por grandes agências, tinha uma experiência descomunal na área de comunicação e marketing: planejamento, pesquisa e redação. Um dos trabalhos de grande impacto que realizou foi a promoção da campanha “Diretas Já”, estopim do fim do regime de 1964.

Leia mais »

Avaliar
Print Friendly, PDF & Email
Domingo Hernández Peña
Escritor, professor, consultor, Honoris Causa pela Anhembi Morumbi
***

O mundo (a sociedade) adoeceu de uma doença gravíssima (a tal “crise”), que é padecida em toda parte, mas que ninguém sabe dizer com exatidão em que consiste. Um pânico difuso se apodera das pessoas e a Política não sabe como promover o sossego. Multidões ficam sem emprego, perdendo tudo quanto tinham, e a Economia entende que com esse drama é possível recuperar o “desenvolvimento”.

Como se não estivesse acontecendo nada, o Ensino cultiva com novas ferramentas – distraído, encolhido, apático – as ideias velhas que levaram ao desastre… Pior ainda: para que não se diga que não dizem nada nem sabem nada, a Política, a Economia e o Ensino estão introduzindo linguagens vazias (ruídos verbais) que assustam ainda mais ao pessoal, pelo estrondo e pelo desvario. Não conheceram a meu pai, que não se cansava de repetir que… “quando a questão for mais complexa e difícil, a resposta deve ser mais curta e clara”.

Leia mais »

Avaliar
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics