Sabine Righetti
Folha de S.Paulo
Publicado originalmente em: http://www1.folha.uol.com.br/educacao/2013/09/1346869-abecedario-no-boicote-dos-alunos-ao-enade-quem-se-prejudica-sao-as-escolas.shtml
***

Em nota ao MEC, um fórum de representantes do ensino superior pede que Enade (prova do governo federal que avalia o desempenho dos alunos de graduação) e Enem (que avalia os estudantes do ensino médio) tenham a mesma importância. Assim, os alunos que boicotarem o Enade sairiam prejudicados (leia sobre a nota aqui).

Não são poucas as instituições de ensino superior que entram em contato com a Folha para reclamar do Enade.

O problema não é ser avaliado, dizem. A questão é o modo como a coisa é feita. Se os alunos deixarem a prova do Enade em branco, a instituição zera na avaliação — e é taxada como uma escola de má qualidade.

“Isso acontece muito, não há comprometimento dos alunos com o Enade”, diz um gestor de uma escola à Folha.

“Os alunos não querem perder o domingo de sol fazendo prova”, diz outro gestor.

COMO O ENEM

No Enem é diferente. Todo mundo quer ir bem no exame porque a sua nota é usada, por exemplo, no processo seletivo de todas as universidades federais do país. Mas ir bem no Enade não faz diferença.

Mesmo assim, o Enade é, hoje, a principal forma de avaliação de ensino superior do MEC. A prova é aplicada todos os anos em um conjunto de cursos, de modo que cada curso é avaliado a cada três anos.

O exame é obrigatório, mas se o aluno deixar a folha em branco ele não sofre nenhum tipo de punição. Isso porque sua nota individual não é divulgada.

A nota no Enade também não é registrada no histórico escolar ou no diploma do aluno. Isso foi acordado entre o governo e a UNE quando o exame foi implementado há dez anos.

O próprio aluno nunca fica sabendo quanto ele tirou na prova. A única nota divulgada é a média do seu curso na instituição.

Quem boicota diz que vai continuar boicotando porque é contra a avaliação — ou contra essa forma de avaliação.

E o MEC diz que Enade e Enem têm natureza distintas e que não devem ser comparados.

Muito bem. Como resolver esse imbróglio?

Avaliar

Uma resposta para “No boicote dos alunos ao Enade, quem se prejudica são as escolas”

  • Prof. Roney says:

    Como assim, imbróglio ? Solução, só nos Tribunais.
    É, isto sim, uma enorme injustiça pra não dizer palhaçada nesse circo armado para avaliação, porque o propósito não é esse mas condenar.
    Enade e Enem têm naturezas distintas e não devem ser comparados ?
    Discordo totalmente. Os resultados alcançam, unicamente,
    destinos e alvos diferentes. O resultado do Enem aproveita somente ao aluno mas o do Enade reflete numa comunidade de centenas de pessoas. Está mais para KKK, sociedade secreta e misteriosa, pois só pelo fato de o aluno nunca ficar sabendo quanto tirou na prova demonstra tudo. Aberração avaliativa.

     

Deixe uma resposta

Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics