Fábio Garcia ReisProf. Dr. Fábio José Garcia dos Reis – UNISAL
Novembro de 2009

Em abril de 2004, o MEC anunciou o Sistema Nacional de Avaliação da
Educação Superior (SINAES) com o objetivo de discutir a “melhoria da qualidade da educação superior”, orientar a expansão do sistema educacional, melhorar a eficácia e verificar os compromissos sociais das instituições de educação superior (IES). O SINAES previa avaliação interna e externa, a partir de uma perspectiva global e integrada, apresentava-se como um sistema que respeitaria a diversidade e a identidade das IES, além de viabilizar a participação de diversos setores, inclusive da sociedade civil, por meio de suas representações.
Estou decepcionado com o rumo do SINAES, pois o MEC não cumpriu o que prometeu, embora seus representantes neguem intensamente que o SINAES não deixou de ser uma referência para o sistema educacional.

Leia mais »

 
Jaime Troiano

Jaime Troiano

Jaime Troiano
(continua)

Um dos maiores especialistas em branding e gestão da marca no Brasil fala sobre as lendas e verdades que cercam o tema no país e dá dicas para o desenvolvimento de uma boa estratégia. Há quem acredite que uma boa marca pode salvar a empresa. Mas a escolha do nome é apenas o começo de um processo que levará tempo e exigirá muito trabalho duro e disciplina para dar resultados.

Em razão da extensão, o Editor separou a entrevista em três capítulos. Siga os próximos às segundas-feiras.

Ler esse texto na íntegra

 

Prof. Roberto Rodriguez Gómez – México – 29/10/09

O Brasil está na moda. Distinguido como os próximos locais da Copa do Mundo e da Olimpíada seguinte, mas não apenas por isso. Se manifesta, ainda que diante do cenário da crise, numa economia capaz de competir no campo da concorrência mundial, por ter renovadas capacidades produtivas em áreas como a petroquímica, processamento de alimentos, indústria aeroespacial, combustíveis alternativos, genômica, software, microeletrônica, entre outros.
O potencial para uma grande extensão do Brasil na economia do conhecimento é devido a uma política agressiva de desenvolvimento científico e tecnológico, acompanhado, como deveria ser, da renovação dos instrumentos de modernização e de mudança no setor do ensino superior. Hoje, o sistema universitário brasileiro produz muitos doutores por ano, igual ao conjunto da América Latina. Uma só universidade, a USP, gera anualmente tantos doutores como os produzidos no mesmo período pelo sistema de ensino superior do México.
Não por coincidência, no ranking internacional, com base em indicadores de produtividade

Leia mais »

 
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics