Destaques
Patrocínio
Facebook
Twitter
Print Friendly, PDF & Email

Antonio OliveiraAntônio de Oliveira
Professor universitário e consultor de legislação do ensino superior da ABMES (1996 a 2001)
antonioliveira2011@live.com
***

D’A Chave de Sarah

Crianças de férias. Crianças indo a piquenique, brincando de esconde-esconde. Crianças felizes, mesmo que houvesse uma guerra e menos comida para comer do que o habitual, e mesmo que seus pais houvessem ido embora para lutar. Crianças felizes, amadas, tratadas com carinho. Sarah, judia, não podia imaginar tanta diferença entre ela, prisioneira da polícia francesa, ela e seus pais, por ordem dos nazistas, e aquelas crianças. Horrores do holocausto.

Da Rosa de Hiroshima

Pensem nas crianças, mudas, telepáticas, pensem nas meninas, cegas, inexatas, Mas oh! Não se esqueçam da rosa, da rosa, da rosa de Hiroshima.

Leia mais »

 
Print Friendly, PDF & Email

Simone Silva
Publicitária e Consultora de Relacionamento da ABMES
***

Mesmo o apresentador Chacrinha não sendo do meu tempo, cresci ouvindo o seu famoso bordão “quem não se comunica, se trumbica”, que sempre vinha acompanhado de outras frases populares como “quem tem boca vai a Roma” (que descobri muito tempo depois que a forma correta é “quem tem boca vaia Roma”, mas isso é assunto para outro texto).

O que importa nesta reflexão é o que essas frases têm em comum: ambas ressaltam a importância da comunicação para o desenvolvimento pessoal e profissional de qualquer pessoa. É a partir dela que as relações se estabelecem e se concretizam.

Leia mais »

 
Print Friendly, PDF & Email

Arnaldo Niskier
Jornalista e professor
Folha de S.Paulo, publicado em 23 de setembro de 2019
***

Gostamos de competir sempre com a Argentina. Há um setor em que sofremos há muito tempo: o da ciência. O país vizinho tem a honra de contar com o Prêmio Nobel de Bernardo Houssay (Medicina, em 1947), o que jamais ocorreu ao Brasil.

Como se diz no esporte, batemos na trave algumas vezes, com Josué de Castro, o grande autor de “Geografia da Fome”, Jorge Amado e dom Hélder Câmara. Não contaram com a simpatia do governo brasileiro. Leia mais »

 
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics