Print Friendly, PDF & Email

Celso Niskier
Diretor presidente da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES)
Reitor do Centro Universitário UniCarioca
***

O papel da imprensa vai muito além de divulgar fatos ou anunciar decisões já estabelecidas. Ao funcionar como uma espécie de “cão de guarda” da sociedade, os meios de comunicação constituem em grandes vigilantes da máquina pública e exercem relevante atuação social. No âmbito da educação, tratam-se de agentes estratégicos para a melhoria permanente da área, essencial para o impulsionamento do progresso do país como um todo.

Foi com o objetivo de reconhecer e valorizar o mérito da imprensa para o fortalecimento da educação superior brasileira que a Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior criou, em 2017, o Prêmio ABMES de Jornalismo. Com a iniciativa reconhecida e consolidada, no último 6 de agosto foram revelados os vencedores da 3ª edição em uma cerimônia recheada com muita emoção e expectativa, que contou com a ilustre presença dos três membros da comissão julgadora, os imortais da Academia Brasileira de Letras (ABL) Arnaldo Niskier, Marco Villaça e Merval Pereira.

Leia mais »

 
Print Friendly, PDF & Email

Antonio OliveiraAntônio de Oliveira
Professor universitário e consultor de legislação do ensino superior da ABMES (1996 a 2001)
antonioliveira2011@live.com
***

Alvorar, alvorecer, amadurecer, anoitecer e florescer são verbos incoativos. Exprimem começo de ação, de movimento progressivo. O gerúndio exprime o que está sendo, acontecendo. Junto dos auxiliares ir e vir é fluxo: estou indo, vou vivendo. Vir a ser corresponde, em latim, a (in) fieri, em francês, a devenir, e, em alemão, a das Werden. Com isso se tenta expressar o fluxo contínuo de evolução. Coisas continuamente acontecendo. Com o aval de S. Paulo, podendo acontecer que o bem que eu queira, isso é não faça. E o mal que eu odeie, isso eu faça.

A partir do momento em que nasce, o ser humano é uma criança, a vir a ser um adulto. Para isso nasceu, para isso veio ao mundo ou foi posto no mundo. Participes da obra da criação, os pais promovem a travessia de quem não era, não existia, para o existir. Ser pai, ou sendo pai, é ser responsável e sentir-se responsabilizado por uma dinastia. Os Maias, os Carvalhos, os Oliveiras…

Leia mais »

 
Print Friendly, PDF & Email

Júlio César de Castro Ferreira
Psicoterapeuta, coach, psicanalista, psicopedagogo, especialista em Programação Neurolinguística com mais de 17 anos de atuação na área educacional
Fundador e diretor da Woke Mind
***

Uma das principais habilidades necessárias para o desenvolvimento das competências socioemocionais é a capacidade de auto-observação, ou seja, perceber mais conscientemente os nossos sentimentos, emoções e ações, que, no geral, ocorrem em um nível subconsciente.

Estas situações subconscientes acontecem a partir de um “piloto automático mental”, que tem uma função inicial muito positiva, voltada para a economia de energia do cérebro, mas, quando mal utilizado, cria diversas dificuldades na vida de qualquer indivíduo.

No caso das habilidades socioemocionais, o “piloto automático mental” dificulta a auto-observação e consequentemente o desenvolvimento de aspectos como o autoconhecimento, o controle emocional, a percepção dos sentimentos alheios, a capacidade de se relacionar e a automotivação, por exemplo.

Leia mais »

 
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics


Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/blog/www/wp-content/plugins/kebo-twitter-feed/inc/get_tweets.php on line 257