Destaques
Facebook
Twitter
Print Friendly, PDF & Email
Gabriel Mario Rodrigues2

Gabriel Mario Rodrigues
Presidente do Conselho de Administração da ABMES
***  

“O Brasil teve evolução impressionante na década de 2000, uma das mudanças mais rápidas no sistema educacional quando se trata de qualidade de aprendizagem (…), mas com o tempo este progresso estagnou, desde 2006/2009, nós vimos pequenas mudanças na qualidade de ensino” (Andreas Schleicher, diretor de Educação da OCDE e responsável pelo Pisa)

Ao analisarmos a fala de Andreas Schleicher, epígrafe deste artigo, vemos que o perigo pode estar exatamente no que temos visto como afoitismo de adoções de novas propostas pedagógicas, incerteza de rumos dos poderes governamentais, implantação de novas tecnologias não sedimentadas, inovações que de novo não têm nada, e por aí vamos.

Leia mais »

 
Print Friendly, PDF & Email

Janguiê Diniz
Diretor presidente da ABMES
Mestre e Doutor em Direito

Fundador e Presidente do Conselho de Administração do Grupo Ser Educacional
***
Inovação deve ser uma constante para qualquer empresa que deseja se manter acima das outras. É preciso buscar constantemente novas opções, criar, diferenciar-se. Quem permanece no mesmo lugar perde espaço para aqueles que pensam fora da caixa. Isso acontece até mesmo com a Apple. A companhia caiu da primeira para a 17ª colocação no ranking das 50 empresas mais inovadoras do mundo da revista Fast Company. O primeiro lugar ficou com a chinesa Meituan Dianping, plataforma digital que integra serviços para facilitar a vida dos usuários.

Foi uma queda e tanto para a empresa de Steve Jobs, que desde 2015 se mantinha entre as 10 mais e chegou à primeira colocação em 2018. Acontece que, como analisou a Fast Company, diferente da edição anterior da lista, em que a Apple teve destaque pelo lançamento do iPhone X e dos Air Pods, a companhia não trouxe grandes inovações esse ano, apresentando basicamente melhorias de processamento em seus gadgets.

Leia mais »

 
Print Friendly, PDF & Email

Antonio OliveiraAntônio de Oliveira
Professor universitário e consultor de legislação do ensino superior da ABMES (1996 a 2001)
antonioliveira2011@live.com
***

Sentir-se feliz é um estado de espírito não necessariamente atrelado a um estado de coisas considerado favorável. Alguns sonhos, como ganhar na loteria, dificilmente se realizam. “Jogo de botões sobre a calçada, eu era feliz e não sabia”, canta Ataulfo Alves.

O mundo ao redor pode até nos parecer longe do ideal. Problema mesmo é o que nutrimos de negativo na nossa mente. Na passagem de ano, cantamos: “Que tudo se realize no ano que vai nascer”. Praticamente impossível. A menos que nos despojemos definitivamente de preocupações, inseguranças, ansiedades, temores. O bom mesmo é ser feliz e mais nada. E como sê-lo? A fórmula talvez esteja nesta palavra mágica: – Desapega!

Leia mais »

 
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics