Destaques
Patrocínio
Quero Summit
Facebook
Print Friendly, PDF & Email

Antonio OliveiraAntônio de Oliveira
Professor universitário e consultor de legislação do ensino superior da ABMES (1996 a 2001)
antonioliveira2011@live.com
***

Inúmeros são os tipos de linguagem: linguagem infantil, linguagem popular, gíria, jargão, linguagem erudita, linguagem escorreita, linguagem jurídica, cada uma com seu vocabulário específico, inerente a uma ciência, arte, profissão, etc. Até o mundo do crime obedece a um linguajar próprio. Uma linguagem pode ser obscena, pobre ou rica em conteúdo e forma. Há uma linguagem musical como há uma linguagem do olhar. Linguagem que se define pelos sentidos externos: auditiva, visual, tátil, olfativa, gustativa. Linguagem cognitiva, linguagem afetiva, articulada, artificial, afetada; assembly language, cognitiva, técnica; linguagem escrita, oral, gramatical, corporal, de máquina, linguagem de programação, denotativa e conotativa, figurada; de alto nível, de baixo nível, calão; lúdica, poética; referencial, simbólica; estruturada; mímica; linguagem corporal, linguagem da marcha militar, linguagem da dança; marionetes; tropel cadenciado de cavalos de raça ou estrepitoso, de cavalos selvagens, linguagem comum aos hinos nacionais. Farfalhar de folhas. Murmúrio das ondas do mar, do vento que cicia. Comadres que rumorejam coisas sem importância.

Leia mais »

 
Print Friendly, PDF & Email

Sólon Hormidas Caldas
Diretor Executivo da ABMES – Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior
***

Há um ano, quando o país homenageava seus docentes, eu estava em Israel, um dos países mais desenvolvidos do planeta na esfera tecnológica e globalmente reconhecido como “nação das startups”. Junto com a 2ª Delegação ABMES Internacional, estava imerso em dias de muita tecnologia, inovação e comprometimento com a solidificação de um país a partir da educação.

Ali, em meio a tantas ferramentas educacionais inovadoras, metodologias focadas nos resultados práticos e com a inteligência artificial pautando uma quantidade sem fim de debates, um aspecto que ficou evidenciado foi a relevância dos professores nesse contexto de revolução do processo de ensino-aprendizagem. Não há sistema computacional altamente complexo, mesmo que capaz de transmitir o conteúdo ao tempo em que identifica e trabalha as dificuldades de cada aluno de forma específica, que substitua a figura do docente. Leia mais »

 
Print Friendly, PDF & Email

Maurício Costa Romão
Ph.D. em economia pela Universidade de Illinois, nos Estados Unidos
mauricio-romao@uol.com.br
***

Desde os “cursos por correspondência” que a educação a distância tem sido vista com desconfiança e preconceito. Essa percepção continuou nas fases tecnologicamente mais avançadas dos cursos remotos realizados depois pelo rádio e televisão.

A educação a distância cresceu exponencialmente no mundo todo por meio da internet, mas ainda subsistem prevenções contra esta modalidade, difundindo-se o mito de que ela é inferior à sua contraparte presencial em termos de qualidade.

Leia mais »

 
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics