Celso Niskier
Diretor presidente da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES)
Reitor do Centro Universitário UniCarioca
***

Semana passada estive na Bett Show 2020, em Londres. Trata-se da maior exposição do planeta nos assuntos de educação e tecnologia. Realizada entre os dias 22 e 25 de janeiro, a feira internacional contou com a presença de mais de 40.000 participantes do mundo todo. Uma experiência única!

Pude notar a expansão do uso de inteligência artificial na educação, além das análises estatísticas de dados de aprendizagem (“learning analytics”) e do grande crescimento das aplicações ligadas às chamadas “soft skills” ou habilidades socioemocionais. Representando a ABMES, estive em contato com a nossa parceira Microsoft, com quem estamos estabelecendo um laboratório de inovação e criatividade em Brasília, e pude conhecer muitas das soluções que estarão sendo apresentadas aos nossos associados em breve.

Leia mais »

 

Antonio OliveiraAntônio de Oliveira
Professor universitário e consultor de legislação do ensino superior da ABMES (1996 a 2001)
antonioliveira2011@live.com
***

Em grego, ἐπιφάνεια: aparição, manifestação, revelação, estreia, “debut”, apresentação. Pode significar, por extensão, uma “luz”, uma ideia brilhante, como quando se diz, na Inglaterra: “I just had an epiphany”. Daí, também, o nome Santo Epifânio, festejado em 12 de maio. Liturgicamente, é comemoração cristã, Epifania do Senhor. Mantém-se, tradicionalmente, a festa de Reis no dia 6 de janeiro.

Jesus fez várias epifanias: Aos Reis Magos, ainda em Belém, onde nasceu. Aos doze anos, quando é encontrado por seus pais, depois de desaparecido, demonstrando profundos conhecimentos das Escrituras perante doutores da lei, no templo de Jerusalém. Quando foi batizado por João Batista, no Rio Jordão. Nas Bodas de Caná, ao transformar água em vinho. Na transfiguração, no Monte Tabor, na presença de Pedro, Tiago e João. Todas essas passagens são representadas por artistas famosos, como o quadro Adoração dos Magos, de Bartolomé Esteban Murillo.

Leia mais »

 

Carmen Luiza da Silva
Consultora Atmã Educar
***

Uma breve volta ao passado nos mostra o quanto o homem é capaz de superar as barreiras da sua própria evolução rumo a um futuro que, embora seja desconhecido, nos permite fazer previsões importantes, nos prepararmos para as mudanças e principalmente sermos os protagonistas das transições. A cada período o homem promove avanços em busca de qualidade de vida desenvolvendo tecnologias cada vez mais sofisticadas.

Da Revolução Agrícola à Revolução 4.0 na qual estamos imersos, o ser humano promoveu transformações objetivando a perpetuação e sobrevivência da espécie. E desta forma, os incrementos tecnológicos foram sendo criados na mesma medida em que novas necessidades surgiam. Todo o conhecimento acumulado sempre foi pautado pela busca de solução de problemas que por sua vez, induzem a novas necessidades e num processo contínuo de inovações, os avanços tecnológicos criados pelo próprio homem nos levam a próxima revolução. A expressão americana VUCA WORLD traduz as incertezas deste mundo volátil em que nada está sob controle, tão incerto que é impossível fazer previsões absolutamente acertadas, tão complexo e com tantas variáveis que dificultam a tomada de decisões e por sua ambiguidade a capacidade de escolha é posta à prova quase que como um ato de coragem!

Leia mais »

 
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics