Destaques
Patrocínio
Facebook
Print Friendly, PDF & Email

Celso Niskier
Diretor presidente da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES)
Reitor do Centro Universitário UniCarioca
***

No último dia 7 de maio tomou posse a nova diretoria da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES), que será responsável por gerir a entidade pelos próximos três anos e a qual tenho a honra de presidir.

Assumir a missão de encabeçar essa gestão é motivo de muita alegria, mas também de profunda consciência da responsabilidade que é zelar por uma história de 37 anos, fundamentada na atitude visionária daqueles que iniciaram a caminhada e também daqueles que me precederam no cargo que ora ocupo.

Leia mais »

 
Print Friendly, PDF & Email

Antonio OliveiraAntônio de Oliveira
Professor universitário e consultor de legislação do ensino superior da ABMES (1996 a 2001)
antonioliveira2011@live.com
***

Uma tatuagem consiste na introjeção, sob a epiderme, de substâncias corantes a fim de apresentar, na pele, nomes, desenhos, pinturas. Na nossa mão, de nascença, gravado está um “M” de Maria, M de Mãe. Conclui Martins Fortes: “Quer dizer – Mãe! este M tão perfeito. / E, com certeza, em minha mão foi feito / Para, quando eu for bom, pensar em ti.” Mais que, sob a epiderme, em histologia, porção superficial da pele, o nome de nossa mãe introduzido está sob a epiderme da alma. “Alma, ‘deixa eu’ tocar sua alma com a superfície da palma da minha mão”.

Mãe é como um bolo de aniversário, como o bolo no Dia das Mães. Partido e repartido em fatias, que dá para todos os convidados. E ainda sobra. Um coração dilacerado nesse sentido, pois se deixando fatiar para dar de comer aos filhos. Coração de mãe não se engana e é espaço onde sempre cabe mais um. Todos os filhos. Ou como casa de mãe: onde come um, comem dois, três…

Leia mais »

 
Print Friendly, PDF & Email

jacir-venturi2017Jacir J. Venturi
Coordenador da Universidade Positivo e membro do Conselho Estadual de Educação
Foi professor e diretor da UFPR e PUCPR
***

Esquadrinhamos 2.000 km desse pequeno país (10% do território paranaense), com apenas 71 anos de independência, 8,9 milhões de habitantes e mais de 3.000 anos de história. História de superação e tenacidade. Uma produtiva viagem de 8 dias, adrede bem planejada, munidos de aplicativos, sem guias e sem incidentes, em um automóvel com mais três familiares, todos com formação cristã. Abundantes são as informações turísticas nas rodovias, concomitantemente em três idiomas: hebraico, árabe e inglês, nesta ordem.

À guisa de uma artéria principal, numa das margens das estradas, o aqueduto nacional, que conduz para todo o país água doce do Mar da Galileia e água dessalinizada do Mediterrâneo. A balança comercial agrícola de Israel é deficitária em apenas 5%, um feito notável, pois 80% de suas terras não eram originalmente agriculturáveis. Se é assim, o solo é apenas suporte e adubo nele. O índice pluviométrico é baixíssimo? Pois bem, a água para a irrigação provém do tratamento dos esgotos das cidades, demandada por tubos de polietileno até à raiz das plantas, estas em boa parte distribuídas em estufas. O gotejamento é uma técnica criada em Israel em 1965, sendo adicionados à água nutrientes como superfosfato, cálcio e potássio. Nesse ecossistema, sem uso de agrotóxicos, um hectare está produzindo 30 vezes mais que a média mundial, fruto de um amplo desenvolvimento acadêmico e tecnológico.

Leia mais »

 
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics