Print Friendly, PDF & Email
Durval Romagnollo*
Especialista em Avaliação Institucional
***

A Avaliação de Aprendizagem tem sido polêmica na prática. De modo geral, o Regimento Interno das instituições apresenta uma forma e uma metodologia para aferir a aquisição de conhecimento, e os professores cada qual as executa à sua maneira. Apesar de a avaliação em si ter sido assunto de muitas discussões no ensino superior nos últimos anos, com muita frequência ela ainda aparece como uma forma de pressionar o aluno a aprender. Sabemos que, de fato, a verdadeira aprendizagem ocorre naturalmente, quando há interesse, necessidade e o processo é executado com vontade (diríamos prazer).

Ainda falta muito esclarecimento para que se entenda definitivamente que a avaliação não é um (ou um conjunto) de instrumento, mormente uma prova, mas um processo. (Lembramos aqui que o conhecimento das partes não nos dá a visão do todo.) E que ela sempre existiu como um meio de crescimento; evidência disso é que a praticamos a todo o momento. Cada decisão a ser tomada em nossa vida demanda uma avaliação (ponderação) para fazermos a escolha correta. E é por isso que estamos cada vez melhores. Qualquer atitude que fira essa lei natural comprometerá o resultado.

Leia mais »

 
Print Friendly, PDF & Email
Wanda Camargo*
Comissão do Processo Seletivo – Faculdades Integradas do Brasil – UniBrasil
***

A questão do aluno que tem dificuldade em acompanhar seu curso superior, normalmente por problemas financeiros, envolve três aspectos: políticas públicas; estrutura da instituição; dedicação do próprio aluno.

Quanto às políticas públicas, o Brasil tem acertado em programas como o PROUNI e o FIES. O PROUNI tem como finalidade a concessão de bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação em instituições privadas de educação superior. Os candidatos são selecionados pelas notas obtidas no ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio). O FIES é um programa do MEC destinado a financiar a graduação na educação superior de estudantes de instituições privadas, a juros subsidiados e com amortização em longo prazo. O acesso às bolsas está restrito aos alunos de baixa renda.

Leia mais »

 
Print Friendly, PDF & Email
Seme Arone Junior
Presidente da Associação Brasileira de Estágios (Abres)
Mogi News, publicado em 27 de março de 2011
***

Conseguir um estágio no Brasil, realmente não é tarefa fácil. No ensino superior, dos mais de cinco milhões de estudantes, apenas 14,5% estagiam. Já no nível médio, de um número maior de oito milhões, somente 3,1% obtêm uma colocação no mercado. Por isso, é fundamental se sobressair em uma dinâmica e, para isso, ter um bom português é o grande diferencial.

Pode não parecer, mas a língua portuguesa ainda é o maior fator eliminatório em seleções. Isso porque o cenário de educação do País deixa muito a desejar. Da população acima de 15 anos, 14,2 milhões são analfabetos e mais 31,2 milhões são analfabetos funcionais.

Leia mais »

 
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics