Destaques
Patrocínio
Quero Summit
Facebook

Posts Tagged ‘BIG DATA’

Cibele Schuelter
Consultora da Hoper Educação
***

A compra em caixas automáticos de supermercados está se popularizando e expandindo das grandes redes para o mercadinho da esquina. Há menos de três anos vimos pela primeira vez o projeto da Amazon para o supermercado do futuro, sem caixas, sem filas e sem funcionários. Neste modelo, a Amazon usa câmeras e sensores para detectar os movimentos dos compradores e entender o que eles retiram das prateleiras. Quando o cliente sai da loja, a empresa cobra os produtos do cartão de crédito que esteja registrado em sua conta da Amazon. Isto ocorre sem que haja absolutamente nenhuma interação humana. E antes que se pense que isso pode demorar para chegar no Brasil, é bom saber que em 2018 inaugurou em Vitória no Espírito Santo, e já com filial em São Paulo, a primeira loja autônoma brasileira, ou seja sem a presença de colaboradores. Mas não é só nos supermercados que a automação está se multiplicando. Em alguns hotéis e locadoras de veículos, lá fora e aqui, também por meio de uma máquina conseguimos fazer o check in ou locar o veículo sem passar por nenhum humano. Esta facilidade não para por aí: podemos fazer o check in para um voo sem ir ao aeroporto, nem passar pelo atendente de balcão. E o atendimento bancário não está diferente: é possível fazer muitas operações ao toque do dedo no celular.

Leia mais »

Avaliar
Gabriel Mario Rodrigues2

Gabriel Mario Rodrigues
Presidente do Conselho de Administração da ABMES
***  

“A ascensão da IA (Inteligência Artificial) é o maior acontecimento da nossa época. Aqueles que serão bem-sucedidos na próxima fase da economia digital não serão os que criarem novas máquinas, mas os que descobrirem o que fazer com elas.” (Malcolm Frank, Paul Roehrig e Ben Pring)

Quem já passou por São Francisco, Califórnia, e resolveu tomar um café, possivelmente, conhece os irmãos Robin, Malcolm e Felipe. São três atendentes muito atenciosos que trabalham com muito sucesso e diferenciação. São robôs, conforme reportagem do Valor Econômico Atendente-robô já serve café em lojas dos Estados Unidos, de 12 de abril.

Leia mais »

Avaliar
Ronaldo Mota
Membro do Colegiado da Presidência da ABMES
Chanceler do Grupo Estácio
***

Houve um período em que a adoção de modelos de gestão mais competitivos por si só era suficiente para que uma instituição educacional conseguisse obter resultados superiores às demais. Isso não foi simples, foi inovador e gerou resultados significativos. No entanto, com o tempo, os modelos de gestão se mostraram, por um lado, limitados e, por outro, transferíveis e copiáveis. O cenário futuro traz desafios ainda mais complexos. Entre eles, o fato de que as instituições que souberem incorporar adequadamente as novas tecnologias e as metodologias inovadoras serão aquelas que se destacarão e terão como recompensa a oportunidade de conjugar, com sustentabilidade, escala e qualidade. Entre as tecnologias com maior potencial de aproveitamento, em termos de resultados acadêmicos, destaco a Analítica da Aprendizagem.

Analítica da Aprendizagem (em inglês, “Learning Analytics”) é a metodologia que permite que os educadores possam tomar decisões levando em conta análises sistemáticas e elaboradas de dados dos educandos e dos contextos educacionais nos quais a aprendizagem se desenvolve. A partir da análise dos dados acerca de quanto e de como os alunos estão aprendendo, é possível uma percepção mais apurada das realidades educacionais. Tais procedimentos viabilizam que desenhos educacionais adequados (em inglês, “Learning Designs”) possam ser propostos, bem como estratégias e trilhas de aprendizagem diversas sejam implementadas. Ao mesmo tempo, esta metodologia colabora na seleção de quais recursos, inclusive tecnológicos e modos de entrega de conteúdos, são os mais adequados para cada contexto e, no limite, para cada educando.

Leia mais »

Avaliar
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics