Posts Tagged ‘ensino-aprendizagem’

Mauricio Henrique Beccker1
Juliana Olinda Martins Pequeno2
Júlio Cesar de Sousa Mrad³
***

A discussão sobre a garantia do aprendizado significativo tornou-se latente nos últimos anos, impulsionada especialmente pela célere evolução das tecnologias digitais. Tal evolução tem impactado fortemente no mercado de trabalho, resultando na exigência de profissionais cada vez mais preparados para ambientes em que habilidades técnicas podem facilmente ser automatizadas e que deixam de ser o requisito principal para a inserção de profissionais no ambiente de labor.

Neste novo cenário, a importância do desenvolvimento de ambientes capazes de propiciar aprendizagem significativa, estimulante, agradável e eficiente do ponto de vista da construção de novos saberes, da apropriação de teorias e do desenvolvimento de práticas aos mais variados estilos de aprendizagem, torna-se imperativo às instituições de educação superior.

Leia mais »

Avaliar

Paulo CardimPaulo Cardim
Reitor da Belas Artes e Presidente da Conaes
Blog da Reitoria, publicado em 25 de março de 2019
***

No processo ensino-aprendizagem, o professor foi o agente principal, o senhor absoluto da sala de aula, único espaço disponível para o desenvolvimento das atividades docentes e discentes.

Os tempos foram mudando, mas o processo educacional parecia ignorar o entorno da sala de aula e, mais ainda, as mudanças que vinham ocorrendo, embora lentamente, no século 20.

Ao final do século passado chegou ao Brasil, em meados dos anos 90, embora ainda timidamente, a Internet. Paralelamente, foram tomando espaço na vida das pessoas as tecnologias da informação e comunicação. A banda larga era um sonho − e ainda é em alguns recantos deste país continental.

Leia mais »

Avaliar

jacir-venturi2017Jacir J. Venturi
Coordenador da Universidade Positivo
Foi professor da UFPR, PUCPR e vice-presidente da ACP
***

Há dez anos chegaram a nossas mãos os primeiros smartphones, sem os quais hoje temos a sensação de orfandade e, há menos de cinco anos, sutilmente eclodiram ao grande público as tão enlevadas tecnologias dos dias atuais, como a inteligência artificial (AI), internet das coisas (IoT), big datamachine learning etc.

Essa é a base para afirmarmos que, daqui para frente, do universitário cada vez mais se exigirá “fluência digital”, uma vez que a aprendizagem será preponderantemente em ambiente virtual. Requerer-se-á dele disciplina na autogestão do seu tempo para aprender por conta própria, raciocínio lógico e disposição para interagir com conteúdos multidisciplinares em trabalhos em equipe.

Leia mais »

Avaliar
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics