Destaques
Facebook
Twitter

    Sorry, no Tweets were found.

Posts Tagged ‘fake news’

Daniel Medeiros
Doutor em Educação Histórica pela UFPR e professor do Curso Positivo, de Curitiba/PR
***

Em uma sala de aula, o professor propõe a seguinte dinâmica: “Você lê ou ouve sobre um suposto envolvimento de um professor da sua escola com algo criminoso, bem grave. Um caso de pedofilia, por exemplo. Por acaso, trata-se de um professor rigoroso que vive cobrando atitudes corretas de vocês. Você conta o que leu ou ouviu para alguém? E, então, digamos que naquela semana, durante a aula desse professor, o diretor o chama e o professor deixa a sala bastante agitado. Você explica para alguém o que você supõe ser o motivo do que está acontecendo? E, por fim: imagine que, no grupo do WhatsApp, alguém comenta que sabe algo muito sério sobre o professor. Você diria algo sobre o que você também supostamente sabe sobre ele?”

Se você pensou em responder sim para qualquer uma dessas perguntas, parabéns! Você é um divulgador de falsas notícias, as famosas fake news.

Leia mais »

Avaliar

Janguiê Diniz
Diretor presidente da ABMES
Mestre e Doutor em Direito

Fundador e Presidente do Conselho de Administração do Grupo Ser Educacional
***

A tecnologia associada ao uso da internet tem estimulado bastante o desenvolvimento intelectual das pessoas e, se olharmos por esse lado, isto traz um grande benefício. No entanto, o acesso à internet em grande escala também tem corroborado para um sério problema chamado de fake news (“notícias falsas”, em tradução livre).

Nos últimos anos, esse tema tem ganhado muito destaque por causa da quantidade de informações inverídicas que têm circulado nas redes sociais, no aplicativo WhatsApp e em alguns veículos de comunicação. Para se ter uma ideia, segundo o Relatório da Segurança Digital, produzido pelo dfndr lab, laboratório de segurança da PSafe, no Brasil, as fake news tiveram mais de 2.9 milhões de acessos entre janeiro e março de 2018. Ainda de acordo com o levantamento, 95,7% dos conteúdos falsos foram disseminados via WhatsApp.

Leia mais »

Avaliar

Jéssica Santos
Jornalista, coordenadora de comunicação da Associação Santa Marcelina e aluna do Mestrado Profissional em Jornalismo da ESPM
***

Em carta aberta para celebrar os 28 anos da tecnologia por trás da web, Tim Berners-Lee elegeu três grandes ameaças à World Wide Web e à democracia: compartilhamento de dados pessoais, desinformação e propagandas políticas. Para o criador do www, é extremamente preocupante que informações incorretas ou fake news criadas para atrair nossos preconceitos, possam se espalhar como um incêndio na internet. A onda de fake news alcançou seu ápice nos Estados Unidos durante a eleição do presidente Donald Trump, em 2016. Análise do Buzzfedd mostrou que, nos três últimos meses de campanha, 20 histórias falsas relacionadas ao processo eleitoral geraram 8,711 milhões de compartilhamentos, reações e comentários no Facebook.

No Brasil, cerca de 12 milhões de pessoas difundem notícias falsas sobre política, de acordo com levantamento do Grupo de Pesquisa em Políticas Públicas para o Acesso à Informação (Gpopai) da Universidade de São Paulo (USP). Em 2018, a morte da vereadora carioca Marielle Franco e de seu motorista Anderson Pedro Gomes também se tornou um caso emblemático do alcance das fake news. No dia seguinte ao assassinato, que causou uma comoção internacional, começaram a circular áudios, fotos e notícias que tentavam associar a vereadora ao crime organizado e ao abuso de drogas, em uma série de ações ofensivas à honra de Marielle. O caso foi levado à Justiça, que determinou que todas as fake news fossem retiradas do ar. Leia mais »

Avaliar
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics