Posts Tagged ‘LDB’

Rainer Marinho da Costa 
Consultor Educacional Ower RR consultoria  Educacional Legal vinculado a Faculdade Modelo Curitiba e a  Faculdade São Braz Curitiba
***

“Ou as saúvas acabam com o Brasil ou o Brasil acaba com as saúvas”
Triste fim de Policarpo Quaresma – Lima Barreto

Início este texto com esta parábola para ilustrar um pouco a ânsia regulatória do poder público brasileiro – as saúvas, que tenta de toda forma matar a inovação e a criatividade.

Lemos em prestigiosos artigos científicos que estamos a formar em nossas carteiras universitárias alunos para profissões, que dentro de poucos anos nem mais existirão, sem comentar que os formamos de modo equivocado, numa visão compartimentada, numa faculdade do século XX. De um lado, o professor ensinante e, de outro, o aluno ensinado. Sabemos que fazemos errado e continuamos persistindo no erro.

Leia mais »

Avaliar

Ronaldo MotaRonaldo Mota
Chanceler do Grupo Estácio
http://reitoronline.ig.com.br
***

A Lei 9.394/1996 (Lei de Diretrizes e Bases/LDB), entre outras contribuições, desfez a vinculação presumida entre diploma de nível superior e exercício profissional. A LDB define que os diplomas se constituem em prova da formação recebida por seus titulares. Cabe às corporações regular os exercícios dos profissionais após formados.

A exigência de currículos mínimos nos cursos superiores até meados da década de 1990 havia sido fortemente influenciada pelas ordens profissionais, com indesejáveis detalhamentos de disciplinas e cargas horárias e inibindo a inovação dos projetos pedagógicos dos cursos. A LDB apontou no sentido de assegurar maior flexibilidade na organização de cursos e carreiras, coerente com as tendências contemporâneas de considerar a formação no nível de graduação como etapa inicial da formação continuada.

Leia mais »

Avaliar

jacir-venturi2017Jacir J. Venturi
Coordenador da Universidade Positivo, foi professor da UFPR, PUC-PR e diretor de escolas
***

Em 2015 (dados do INEP/MEC mais recentes disponíveis), houve 6,6 milhões de matrículas na Educação Superior na modalidade presencial (pública e privada), um crescimento de 46% sobre 2005. Nesses mesmos dez anos, o crescimento do número de alunos na EaD (Educação a Distância) foi de 1.120%, atingindo a antes inimaginável cifra de 1,4 milhão de alunos – ou seja, o equivalente a 21% da presencial. Há ainda cerca de outros 5 milhões de adultos ou jovens estudando uma especialização, ou disciplinas específicas, ou cursos in company em plataformas estritamente digitais. Um em cada três alunos de licenciatura faz o curso on-line; em Pedagogia, metade.

Em seu início – em torno de 2003 –, a EaD enfrentava elevados preconceitos por precarizar a qualidade do ensino, e merecidamente. Depreciavam-na como o supletivo da Educação Superior. Hoje, no entanto, com os avanços das novas tecnologias, com a profusão de ambientes virtuais aliados a novos modelos pedagógicos (metodologias ativas), propicia-se a oferta de uma educação de qualidade equiparável à presencial.

Leia mais »

Avaliar
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics