Destaques
Facebook
Twitter

    Sorry, no Tweets were found.

Posts Tagged ‘Learning Analytics’

Ronaldo Mota
Diretor Científico da Digital Pages e membro da Academia Brasileira de Educação
***

No século passado, o modelo de desenvolvimento adotado demandou profissionais que não existiam antes e sofisticou as especializações das profissões que já eram conhecidas. As escolas, seus professores e os métodos foram eficientes e eficazes em atender às demandas do mercado e às expectativas dos cidadãos. Para cada carreira, foram prescritas diretrizes gerais contemplando conteúdos, bem como procedimentos e técnicas a eles associados. Os percursos educacionais eram simples e funcionavam. Completados os percursos previstos, após avaliações calcadas em testes de memória, em geral respondidos individualmente, os formandos eram agraciados com certificados ou diplomas, os quais atestavam conhecimentos e os habilitavam a migrar para as etapas seguintes ou ao exercício pleno das respectivas ocupações. Leia mais »

Avaliar
Claudio Sassaki
Cofundador da Geekie 
***

A escola tem sentido o peso do tempo. Como resposta, o mercado educacional global tem apontado a inteligência artificial como tecnologia-chave para dar uma resposta célere à demanda por inovação. Nesse processo a inteligência artificial ocupa o primeiro plano, sobretudo ao ser associada a um instrumento essencial para colocar a tecnologia a serviço dos alunos. Sinto, mas terei que desmistificar essa ideia que envolve tecnologia e educação.

A limitada visão de um ensino autoguiado e controlador de alunos via dados merece ser desconstruída para dar espaço para uma análise mais ampla, real e criteriosa da questão. Um dos primeiros pontos para avançarmos rumo à essa nova escola passa por ressignificar a relação entre tecnologia e comunidade escolar. Os dados nas mãos dos alunos, professores, gestores e família são responsáveis por um salto qualitativo no processo de aprendizagem do estudante. Longe da noção errônea de fornecer informações para controlar o aluno, dados gerados por learning analytics – abordagem de análise que mede o processo de aprendizagem – trazem transparência e diálogo ao ambiente escolar, contribuindo para um processo educacional de construção coletiva e colaboração contínua. Não me refiro aos números puros de desempenho nas provas; estou falando de dados que trazem evidências de aprendizado para avaliações de novas competências – inclusive, as demandadas pela nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC). É o que classifico como educação para além do vestibular.

Leia mais »

Avaliar
Ronaldo Mota
Membro do Colegiado da Presidência da ABMES
Chanceler do Grupo Estácio
***

Houve um período em que a adoção de modelos de gestão mais competitivos por si só era suficiente para que uma instituição educacional conseguisse obter resultados superiores às demais. Isso não foi simples, foi inovador e gerou resultados significativos. No entanto, com o tempo, os modelos de gestão se mostraram, por um lado, limitados e, por outro, transferíveis e copiáveis. O cenário futuro traz desafios ainda mais complexos. Entre eles, o fato de que as instituições que souberem incorporar adequadamente as novas tecnologias e as metodologias inovadoras serão aquelas que se destacarão e terão como recompensa a oportunidade de conjugar, com sustentabilidade, escala e qualidade. Entre as tecnologias com maior potencial de aproveitamento, em termos de resultados acadêmicos, destaco a Analítica da Aprendizagem.

Analítica da Aprendizagem (em inglês, “Learning Analytics”) é a metodologia que permite que os educadores possam tomar decisões levando em conta análises sistemáticas e elaboradas de dados dos educandos e dos contextos educacionais nos quais a aprendizagem se desenvolve. A partir da análise dos dados acerca de quanto e de como os alunos estão aprendendo, é possível uma percepção mais apurada das realidades educacionais. Tais procedimentos viabilizam que desenhos educacionais adequados (em inglês, “Learning Designs”) possam ser propostos, bem como estratégias e trilhas de aprendizagem diversas sejam implementadas. Ao mesmo tempo, esta metodologia colabora na seleção de quais recursos, inclusive tecnológicos e modos de entrega de conteúdos, são os mais adequados para cada contexto e, no limite, para cada educando.

Leia mais »

Avaliar
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics