Destaques
Facebook
Twitter

    Sorry, no Tweets were found.

Posts Tagged ‘realidade virtual’

Ronaldo Mota
Membro do Colegiado da Presidência da ABMES
Chanceler do Grupo Estácio
***

O termo Fígital, junção das palavras físico com digital (em inglês, “Phygital”), foi originalmente utilizado em marketing para descrever as experiências dos usuários em ambientes de vendas híbridos, simultaneamente físicos e digitais.  Hoje, o uso do termo transcende o significado inicial e pode ser aplicado ao conjunto de oportunidades vivenciadas nas quais não são claros os limites e as distinções entre aquilo que chamamos classicamente de real ou físico e aquilo que associamos ao virtual ou digital.

A título de ilustração, Realidade Mista é um exemplo mais recente desse tipo de percepção fígital, combinando experiências virtuais e aumentadas. Realidade Virtual, também conhecida como híbrida ou hiper-realidade, complementa o mundo físico do usuário com um mundo virtual, produzido digitalmente. Neste caso, é exigido que algum dispositivo seja utilizado pelo usuário, gerando um ambiente novo, tridimensional e interativo. Por sua vez, Realidade Aumentada sobrepõe o mundo físico com elementos digitais adicionais, ainda que sem a possibilidade de interação direta com eles. Ela atua como uma ponte entre os mundos físicos e digitais, inserindo elementos (informações ou objetos) virtuais à realidade física, ou seja, ao mundo original do usuário. Finalmente, a Realidade Mista combina os aspectos da Realidade Aumentada com a Realidade Virtual, sendo uma junção das duas e permitindo ancorar objetos virtuais em pontos do espaço real, tornando possível manipulá-los.

Leia mais »

Avaliar
Gabriele Monique
Relações Públicas da Humus Consultoria
Pós-graduada em gestão de Empresas e graduada em Relações Públicas
***

Phubbing não é uma nova tecnologia, nem um novo celular e muito menos um jogo inédito. A palavra é uma união entre “phone” (telefone) e “snubbing” (esnobar) e foi proposta pelo australiano Alex Haigh. Esta nova expressão, já utilizada nos Estados Unidos, é usada para denominar as pessoas que ficam 24 horas conectadas no celular ou tablets e não dão atenção para mais nada. E o que não falta são funções e atividades nos smartphones para contribuir com esta situação.

É fácil de analisar. Repare, principalmente nos mais jovens, como eles se relacionam, ou não, com os outros indivíduos na rua, em um restaurante ou no shopping. Eles ficam sentados em grupos, porém trocam poucas palavras. O motivo: estão atualizando o check in no Foursquare. Após um tempo, eles se reúnem para tirar uma foto e já voltam para os seus aparelhos para inserir a imagem no Facebook. E engana-se quem acha que eles ficam assim só por alguns minutos, porque eles perdem diariamente várias horas no celular e sem nenhuma comunicação frente a frente.

Leia mais »

Avaliar
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics