Destaques
Patrocínio
Facebook

Posts Tagged ‘startup’

Janguiê Diniz
Diretor presidente da ABMES
Mestre e Doutor em Direito

Fundador e Presidente do Conselho de Administração do Grupo Ser Educacional
***

As startups brasileiras ainda não conseguem se sustentar adequadamente. É o que mostra levantamento da Pieracciani Desenvolvimento de Empresas, consultoria especializada em inovação: 74% das empresas desse tipo não sobrevivem mais do que cinco anos. Os motivos são vários, mas a falta de inovação – que deveria ser uma premissa da startup – influencia fortemente no fracasso do empreendimento. O mesmo apontamento pode ser feito para empresas tradicionais: no cenário atual, não inovar traz risco de falência.

É grande o número de empresas que sofreram grandes perdas ou mesmo foram à falência por relutarem a abraçar novas tecnologias ou manterem seus produtos os mesmos sempre. Um grande exemplo é o da Kodak: a empresa, que fora a maior do mundo no ramo de fotografia, faliu porque não se antecipou às tendências do mercado – as câmeras digitais, mais tarde também substituídas por smartphones. Insistiu na venda dos filmes fotográficos, que viriam a deixar de ser utilizados. A quebra poderia ter sido evitada se a companhia investisse em inovação – inclusive, por seu tamanho, teria a chance de, mais uma vez, ser pioneira no setor.

Leia mais »

Avaliar

Gabriel Mario Rodrigues2Gabriel Mario Rodrigues
Presidente do Conselho de Administração da ABMES
***

Se é verdadeira a premissa de que parques tecnológicos precisam das universidades, é um tanto estranho que essa aproximação seja tão lenta, quando não inexistente.

Em nosso artigo da semana passada demonstramos que os resultados de patentes e inovações no âmbito da pesquisa científica e de tecnologias de ponta no Brasil estão muito aquém do potencial de um país com mais de 200 milhões de habitantes. Nosso desenvolvimento tecnológico não condiz com uma economia que, medida pelo PIB nominal, é uma das dez maiores do mundo. A universidade pública não consegue transformar conhecimento em riqueza e a particular dedica-se apenas ao ensino. Leia mais »

Avaliar

Roney SignoriniProf. Roney Signorini
Assessor e Consultor Educacional
roney.signorini@superig.com.br

***

Sempre me fascinou a ambiência do transporte aéreo. Como a instituição do momento são as startups, me ocorreu fazer uma analogia e analisar os dois setores.

Assim como um itinerário nasce com o “plano de voo”, montado com muita atenção, com rotas de fuga para eventuais necessidades, rotas alternativas, etc., também a startup deve nascer com um business plan muito bem estruturado porque nenhum investidor deseja correr riscos além dos inerentes ao negócio. Enquanto ao primeiro se somam muita tecnologia e inovação, ao segundo se agrega, sobretudo, criatividade.

Leia mais »

Avaliar
Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics